29 abril, 2010

Imaginação

Soberania
(Manoel de Barros)
Naquele dia, no meio do jantar, eu contei
que

Eu teria sete anos. A mãe fez um sorriso carinhoso para mim e não disse nada. Meus irmãos deram gaitadas me gozando. O pai ficou preocupado e
disse que eu tivera um vareio da imaginação. Mas que esses vareios acabariam com os estudos. E me mandou estudar em livros. Eu vim. E logo li alguns tomos havidos na biblioteca do Colégio.

E dei de estudar pra frente. Aprendi a teoria das idéias e da razão pura. Especulei filósofos e até cheguei aos eruditos.
Aos homens de grande saber. Achei que os eruditos nas suas altas abstrações se esqueciam das coisas simples da terra.
Foi aí que encontrei Einstein (ele mesmo— o AlbertoEinstein).
Que me ensinou esta frase: A imaginação é mais
importante
do que o saber. Fiquei alcandorado! E fiz uma brincadeira. Botei um pouco de
inocência na erudição. Deu certo. Meu olho começou a ver de novo as pobres
coisas do chão mijadas de orvalho. E vi as borboletas. E meditei sobre as
borboletas.

Vi que elas dominam o mais leve sem precisar de ter motor nenhum no corpo. (Essa engenharia de Deus!)
E vi que elas podem pousar nas
flores e nas pedras sem magoar as próprias asas.
E vi que o homem não tem soberania
nem pra ser um bentevi.


Texto extraído do livro (caixinha)
"Memórias Inventadas - ATerceira Infância"

27 comentários:

Daniel Savio disse...

E imaginação é só algo que usamos para sermos melhores, bem como o coração...

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.

Sentimental ♥ disse...

sem imaginação não se vive, ela é o q nos tira o peso da vida e da responsabilidade.
bjs

Paulo Braccini disse...

Meu Deus, que maravilha isto ... já procurando para ler ...

bjux querida amiga e obrigado pelo carinho de sempre ...

;-)

R. disse...

Quisera eu colocar um tanto de coisa de lado só pra pegar na bunda do vento.

=)

Bjs

Robson Schneider disse...

Uau que texto! relendo e relendo...A engenharia divina de fato é soberana!
Bjo Denise

Denise disse...

De que adianta inteligencia sem estar atrelada na imaginação não é Daniel

afagos

Denise disse...

É isso mesmo Sen

dar leveza a vida!

sempre meu bem querer a vc

Denise disse...

Amigos não agradecem Paulo...........fazem como vc ,mostranse receptivos e exercem a reciprocidade.
te gosto

Denise disse...

é assim ó,R:
voa na imaginação rs
adoro qdo vem.........mesmo q viva sumindo rs

Denise disse...

Robson
Manoel de Barros é SOBERANO,para ser lido relido e ate postado,por alguem q é apaixonada por ele como eu.

afagos

Karla Thayse disse...

Lindo d +..
Tudo é tão lindo por aqui, dá vontede de deitar, ler e depois dormir e sonhar!

Beeijo grande!

Sentimental ♥ disse...

sim sim, não levar a coisa tããão a sério.
bjs

manuel marques disse...

Magnífico texto,parabénss pela escolha.

Beijo.

Maria Fe disse...

Que delícia de texto!!
Eu quero a imaginação de volta!
beijo!

Graça Pereira disse...

Aonde está a nossa soberania? Não podemos voar...nem poisar nas flores...Quem disse? Eu posso tudo com a minha imaginação...até já pousei num girassol...e voei sobre o mar para acompanhar uma gaivota...
"A imaginação é mais importante do que o saber". E eu posso garantir que Einstein, estava certo!!
Beijocas e bom fds
Graça

José disse...

Olá Denise!
Eu gosto muito mais de borboletas,
que pegar a bunda do vento, é preciso muita imaginação para pegar a bunda dele, quando é forte então anda sempre com o cú à seringa.

bom fim de semana amiga
um beijinho,
José.

Denise disse...

Karla
Quanta gentileza a sua,alguem com o seu bom gosto dizer elogios assim,só me traz contentamento.
grata
carinho

Denise disse...

Sempre gentil Manuel

Carinho

Denise disse...

Maria Fe
Tem toda que for capaz de criar.
Aproveite e pegue o vento ,ali ó pertinho daquela nuvem e "viaje".

carinho

Denise disse...

Graça minha sempre querida
Deixa-me em contentamento saber-te capaz de voar com o vento.

Somos voadoras rs
beijinhos

Denise disse...

José meu querido
Borboletas me remetem a paciencia e renascimento,pois me parecem especialista nisso.
Tão lindas a colorir o ar

afagos

Tatiane Lemos disse...

O que seriam todas as coisas, sem imaginação?....nós mesmos...!

Bj

Denise disse...

Tatiane,
Seriam?

carinho enorme

RaH disse...

Nossa...
Que texto maravilhoso!

Achei incrível..
E é mesmo verdade.
Não podemos abandonar a imaginação por qualquer outra coisa.
Afinal, para se criar qualquer "teoria", qualquer invenção, é preciso antes imaginá-la.

Quanto a minha, sou grata.
É fértil e a exercito sempre.
haha!

beijO!

Denise disse...

Rah
Meu pai dizia que eu nasci para ser inventora....pq vivia inventando moda e imaginando coisas rs

imagina senão "piorou" muito essa minha imaginação com os anos rsrsrsr?
afagos imaginativos rsrsr

Zen disse...

Olá Denise,você deve amar muito os seus seguidores,pois são textos lindíssimos,colírios para os nossos olhos!!!!Forte abraço Zen.

Denise disse...

Zen
Li em algum lugar que algumas pessoas escrevem pra lembrar e outras pra esquecer.
eu o faço pq gosto,e qdo coloco algum texto de alguem escritor que gosto,é pq me agradou muito e resolvi compartilhar.

acredite...............é um ato puramente egocentrico rs
a sorte é q os que me seguem e comentam são bondosos e acabam gostando.

afagos egocentricos