18 abril, 2010

Intervalo........

PLANTA COLHE
Arnaldo Antunes

o arroz
que se planta se colhe
o amor
que se planta se colhe
o que vai
volta um dia mais forte
o que fica
escondido explode

o feijão
que se planta se colhe
solidão
que se planta se colhe
se fugir
a estrada te escolhe
e o destino
também não dá mole

ao redor
pra onde quer que se olhe
a saída
é uma porta que encolhe
aflição
que se planta se colhe
algodão
que se planta se colhe

se cair
nessa chuva se molhe
sempre há sede
pra dar mais um gole
toda culpa
se planta e se colhe
na garupa
do tempo que corre

cada grão
que se planta se colhe
furacão
que se planta se colhe
cada um
inaugura sua prole
pedra dura
procura água mole

tudo vem
quando o tempo é propício
todos têm
sua porção precipício
o que sabe
não busca sentido
o que sobe
retorna caído

ilusão
que se planta se colhe
confusão
que se planta se colhe
num segundo
o desejo te engole
só não corre
esse risco quem morre

12 comentários:

Noe* disse...

A gente colhe, essa é a verdade!
=*

Sentimental ♥ disse...

adoro arnaldo!
e é verdade, tudo o q vai volta, isso não é prerrogativa de bumerangue. rs
aqui em brasília está tendo uma peça com os textos e poemas dele.
bj

LEO disse...

O pulso ainda pulsa!
ta bonito esse pedaço aq!
BJCASSS
LEO

Denise disse...

Por isso Noe
é preciso cuidar das sementes né não?

adorei vc aqui seja bem vinda
carinho

Denise disse...

Sen
Tb adoro Arnaldo
O pessoal costuma conhecer pouca coisa dele,mas tem textos gemiais o moço.
(gente do céu tu é de Brasilia.......o centro do poder rs)

beijão

Denise disse...

e como pulsa LEO

devo dizer que sou pulsar rs
carinho enorme

RP disse...

Perfeito!!! Tava precisando "ouvir" isso... Ser lembrado.

Denise disse...

Ual RP saudadona do cê moço.

è todos temos momentos precipicios,mas é preciso plantar plantar para coler colher
Arnaldo é sempre explendido né não

carinho enorme

Vanilla disse...

Lindo texto...
Muito oportuno!
Beijão pra vc, obrigada pela visita e já estou te seguindo, amei seu blog!

Vanilla.

Denise disse...

Vanilla

grata pela visita
deixa-me em contentamento ter gostado

carinho

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, mas com certeza, o que se planta colhe, até bons amigos...

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.

Denise disse...

Sem nenhuma sombra de duvida ,Daniel.

afagos