10 abril, 2010

Inteira

Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado. Não. Amor é um exagero... Também não. É um desadoro... Uma batelada? Um enxame, um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego? Talvez porque não tivesse sentido, talvez porque não houvesse explicação, esse negócio de amor ela não sabia explicar.
(Adriana Falcão)
Observando a forma como algumas pessoas "levam" suas relações,
lamento o quão "rasas" ,podem ser.
Raso pra mim é a inconstância.
É não estar com alguém para estar com todos e ser de todos um pouco.
É controlar do coração recebendo e dando só o que quer dar e o que querem receber.
Raso
Alimentando-se pela ração artificial de sucessivos envolvimento de algum modo amorosos.
Às vezes simultâneos ,múltiplos em uma alimentação mecânica, que mantem a fome na dosagem exata.
Não se comer mais um pão, mas desfrutar da variada oferta de pequenas migalhas
aos montes.
Viver no "raso" pra mim é não arder
Não espalhar fagulhas
não incendiar.
As migalhas menores
Não aplacam ,apenas aliviam.
Com o tempo o "raso" fará incapazes de acreditar numa relação cumplice e inteira.
A vida tem outro sentido que não esse.
Migalhas não me satisfazem.
E o "raso" não combina com alguém que HOJE ,quer a plenitude de SER inteira.
Denise

19 comentários:

Lucimara Souza disse...

Belas palavras!
Parabéns...
Estou seguindo!
Lu
www.textos-e-reflexoes.blogspot.com

Lu Dantas disse...

Muito bom!

Quem se contenta com pouco ou quem vive em superfícies rasas não vai ter a chance de conhecer a profundidade dos sentimentos e nem o limite de si mesmo.

Bjs

Sentimental ♥ disse...

raso nem pensar!!!

Hod disse...

Bem melhor que meia, ou morna. Também gostei do Dreamcatcher ao lado esquerdo. Aprecias?

Denise...Hoje comemoro o 1º niver do blog. Isso mesmojá são 365 dias que voo neste universo reconhecendo fragrâncias em muitas atmosferas pelas quais voei, inclusive a sua.

Então venha para festa que esta rolando. Com sua fantasia confessa ou inconfessa na forma de Conto, Poema,Poesia, Uma outra simbióse, a´te um Haikai e leve com vc se desejar o Selo do Niver da Gaivota ou outro.

Beijo pra vc com muitas bençãos,

Alôha,

Hod.

Denise disse...

Lucimara
Grata pelo carinho
e pela sugestão
afagos

Denise disse...

Lu
viver na superficie de si mesmo é não ir alem.
E estamos por aqui para justamente superar limites e limitações,alcançando luz.

afagos de aprendiz

Denise disse...

Não mesmo né Sen

carinho enorme

Denise disse...

Hod Querido
Receba meu afeto enfeitado com um grande laço azul,pela comemoração desse aniversário.

e q venham outros cheios de conteudo.

quanto a apreciar..........sonhos ers

apreciso tudo que a natureza humana e divina me traz.

afagos meus

Uma Pulga em desesperO disse...

Dê, tu é inteira...

Bjuu

Denise disse...

Somos Debora eu hora mergulhando,hora voando e vc fazendo não coçar rs

bem querer

Flor ♥ disse...

Denise,

obrigada pela gentil visita no Interlúdio, e seu comentário sempre tão carinhoso! Hoje sou eu que digo: é uma delícia passear no teu blog, e hoje ao som de Betânia, de quem gosto demais... E partilho contigo esse pensamento: que raso, que nada: vamos ao fundo, para incendiar!

Boa semana!

Bjs.

Denise disse...

Flor não tem como não gostar de seu cantinho.

Qto a incendiar....

Olha as faculhas ai !

carinhos em fagulhas

Ana Tapadas disse...

Que maravilha!
obrigada por partilhares. Adoro a voz de Betânia.
Beijinhos

Denise disse...

Ana querida
Bethania é divina
grata sempre pelo carinho

' Cíntira's Castle ♪ disse...

' Tão lindo e simples..reflexivo e encantador.

Para que falar mais?!!
Abraço.

Maris Morgenstern disse...

raso, médio, mediano, medíocre,
uma vida comum q se contenta em não viver,
ahhh
se eles soubessem que quando veve por inteiro a vida se enche de graça...

Denise disse...

Cíntira's
è não ha mesmo o que falar mais.............apenas SER INTEIRA.

afagos de carinho e agradecimento pela visita

Denise disse...

è Maris
Há quem só consiga viver assim...
uma questão de escolha não é


escolhemos ser e estar inteiras!
afagos

Daniel Savio disse...

Só tem tem esta forma rasa de vida que não tem um alma capaz de comportar a vida em toda a sua grandiosidade...

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.