29 maio, 2009

Os que se perdem...


Última bolachinha recheada do pacote, Coca-Cola no deserto e bam-bam-bam são apenas alguns dos milhares de adjetivos utilizados para descrever toda e qualquer pessoa que, de alguma maneira, "se acha".

Em uma época repleta de valores duvidosos, como a que vivemos, essas pessoas tem se tornado figurinhas fáceis por aí.
Todo mundo conhece alguém que se julga mais inteligente, mais bonito, mais esperto, mais tudo.

Se acha muito acima da média da humanidade e, quase sempre, se encontra muito abaixo dela. Não pelo talento do qual a própria pessoa se vangloria, mas pelo conjunto da obra, que é manchado por esse comportamento de quem "se sente".

As mulheres são naturalmente mais vaidosas, talvez por isso tenham uma tendência maior a "se achar".

Mas o *se achamento* feminino quase sempre se manifesta de forma isolada.

Nós somos emotivamente mais frágeis, temos maior facilidade para expor nossas fraquezas, talvez por isso existam poucas de nós que "se acham" plenamente.

Me parece muito mais grave quando o caso de *se achamento* acontece com um homem.

O sexo masculino possui um sentimento natural de superioridade - nós somos o sexo frágil, e eles, o forte -, se a natureza presenteá-los com algum dom especial então... ficam insuportáveis. Os piores são os que "se acham" porque foram agraciados pelo dom da beleza ou gostosura.

Ao observá-los ou conversar com eles temos a impressão de que se acham tão lindos e tão gostosos que são inatingíveis.

Só eles são seres admiráveis, ninguém nunca chegará aos seus pés, a menos que seja alguém exatamente como eles; com os mesmos bíceps e abdome torneados e traços perfeitos, completados por um belo sorriso e órgão sexual avantajado.

Bons mesmo não são os homens que se acham, mas os que se perdem.

Se perdem nas palavras quando na presença de uma mulher interessante, nos gestos e atitudes diante dela.
Se perdem nas emoções pelas quais são tomados, sem saber como reagir frente a novas situações.

Se perdem e perdem a pose de machão ao se derreterem pelo carinho da mulher que o ama, entregando-se, cedendo aos caprichos dela.

Os melhores homens são os que, perdem completamente a vergonha, o medo e a razão ,aqueles que não se assustam com intensidade porque igualmente o são,que os acompanham durante boa parte da vida e são capazes de, perdidos de amor, pronunciar as duas palavrinhas que dizem "eu te amo".

Homens que se perdem podem não ser a última bolachinha recheada do pacote, mas são certamente as mais gostosas."

A que fica no pacote pode até parecer importante já que é a ultima,mas provavelmente já perdeu a textura crocante e aquele sabor de "fresquinha".

Acredito em enaltecer qualidades,há porém sempre alguns tolos que juntam ao seu ego gigantesco esse fato e ficam "se achando".

Mal sabem eles que há muitas variedades de bolachas ,umas mais gostosas que as outras.

(uma mistura de um texto que li e coisas que penso sobre)
Denise

32 comentários:

Ric disse...

Eu não me acho...
Eu tenho certeza!!


Brincadeirinha.... rs rs rs!

Beijos!

Sônia disse...

Os melhores homens são os que, perdem completamente a vergonha, o medo e a razão ,aqueles que não se assustam com intensidade porque igualmente o são,que os acompanham durante boa parte da vida e são capazes de, perdidos de amor, pronunciar as duas palavrinhas que dizem "eu te amo".
Adorei isso! Concordo plenamente...rs

Gato de Cheshire disse...

Muito bom... A pior parte dos que se acham pela beleza é que a beleza é tão limitante, né???? Em geral de fato são lindos... E só... Como uma obra de arte... Como uma bela fotografia... Linda.. Mas condenada a um album, na melhor das possibilidades uma parede... Muito melhor é ser de carne e osso....

Denise disse...

adorei o texto flor... que a gente ache um que se perde!!!

beijos doces

Barbara disse...

Esses que se perdem são de um encanto, que, mesmo depois de certas augruras da convivência, conseguem manter o fio de ternura que cultivam, apenas pelo fato de continuarem a serem perdidos, mesmo depois de achados.
Quem já encontrou ou conviveu com um destes, vai compreender o que escrevo aqui .
E é um destes que desejo a todas.

Denise disse...

Ric..........seu seu seu

Bolachão
biscoito?

rindo
De

Pkna Imperatriz disse...

"A que fica no pacote pode até parecer importante já que é a ultima,mas provavelmente já perdeu a textura crocante e aquele sabor de "fresquinha"."
Porque o verdadeiro sabor vem do momento. Fantastic, o texto dinâmico, inteligente e bem humorado.
Gostei do "tom" das coisas rsrs


Beijos!

Denise disse...

O unico problema Sonia é que de tão perdidos que ficaram.......sumiram menina.....eu pelo menos num encontrei NENHUM nos ultimos tempos rs

Beijo ADOREI a visita

De

Denise disse...

yag
Pobres não é esse "tais"?



De

Denise disse...

Chará minha

Denise.....
Comprando uma lupa poderosa,pq anda quase impossivel rs

beijão

De

Denise disse...

Ah Barbara que linda vc.

Adorei a visita.

Beijo

De

Denise disse...

Grande imperatriz rs

Grata pelas palavras.

beijo

De

Paulo R. F. Braccini disse...

pois entOn querida . nasci assim "a última bolachinha recheada do pacote" . mas onde eu encontro outro pacote com outra bolachinha destas? eim? eim? rs ... vai saber neh (suspirando)

Heavenly disse...

Os melhores homens são com certeza os que você citou no texto, infelizmente estão em extinção :/

Denise disse...

Ai Paulo,não acredito.
Você esse biscoitinho todo todo num encontra nenhum pacotinho,bolachinha,pãozinho,sendo que merece uma padaria inteirinha?

OOOOOOOOOOO dóÒÒÒ
afago
De

Nina disse...

Ahhhhhhhh obrigada pelo presente. Vou pega-lo e posta-lo imediatamente. E quanto ao dito outro blog...então, na real nem eu entro nele...foi invenção de uma amiga dos tempos antigos...e na real ninguém escreve nele.
:-(

Não sinta-se snif, hehehe, tem nada lá.

Beijooooooo

ps.: o post eu leio e comento depois, estou na correria pra fugir pra casa. hoje é sextaaaaaaaaaaa

Ricardo Valente disse...

Ficou muito bom o post. Sábio! Beijo!

Denise disse...

Pamela seu blog é lindo,os assuntos tratados de muito conteudo.
Quero voltar lá e aprender com vc.
Muito grata pela visita

beijos

Denise disse...

Ricardo

Bom né........e tão bom um homem concordar com isso.

Beijo

De

Ernani Netto disse...

Vim conhecer e adorei isso aqui!

Comecei lendo a página de baixo para cima, e esse aqui, o último (que eu li, mas que deveria ter sido o primeiro) foi uma leitura do que eu penso!

Quem se acha não é! Porque quem é num precisa se mostrar ou se gabar, já é reconhecido pela sua capacidade e o que quer que seja!

Eu sou dos que se perdem, mas daqueles que se perdem mesmo... de perder até a chance de conhecer alguém por não falar!

Coisas que eu ainda estou aprendendo!

Bjaum

Amora disse...

olá, dps de algum tempo, voltei.

dps dá uma passada lá.

beijos!

solin disse...

vc já tem netos, Denise?

que beleza :D

Denise disse...

Amora amore.........
Feliz demais que tenha voltado

beijo

De

Denise disse...

Ermani

FELIZ demais com vc aqui a fofa disse que vc é o MAXIMO

eu achei !

beijo

De

Denise disse...

Ninaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Que bom que gostou linda

vc é uma linda sempre presente aqui

muito grata

De

Denise disse...

Solin...

Tive filhos bem jovem e meu filho mais velho fez o mesmo.
Tenho 1 netinho de 1 ano....
Um carinha muito legal,muito mesmo

beijo

De

CARLA FABIANE... disse...

amiga...
"Todos os dias Deus nos dá
um momento em que é possível
mudar tudo que nos deixa infelizes.
O instante mágico é o
momento em que um
"sim" ou "não"
pode mudar toda a
nossa existência."
um lindo fds!
Tenha uma ótima noite!
Bjks no ♥

Blog do Óbvio disse...

Denise, eu não me acho. Apenas procuro conhecer melhor o mundo para ver se eu me ENCONTRO.
Beijinho carinhoso. Manoel.

Denise disse...

Carla
Recomeçamos a cada dia.

E é tão bom!

beijo linda

De

Denise disse...

Gentil amigo Manoel

Temos que saber nosso valor,ter conciência de nossas possibilidades e nos amar...MUITO,sem porem a prepotência do Ego,não é?

Beijo

Denise.......aprendendo

:marina: disse...

ótimo texto!
E a última bolacha do pacote é sempre a mais murcha!

Evandro Varella disse...

Denise,
Sabe de uma coisa, acho que prá quem consegue identificar essas "qualidades" alheias já é meio caminho andado pois fica mais fácil escolher conviver ou não com isso.
O duro é ver que ainda tem tanta gente que idolatra essas figurinhas...argh.
Ótima abordagem do assunto.
Beijos