14 abril, 2009

Rota de fuga

Viver no mundo da lua pode te fazer muito solitário...


Denise



Bom, você não foi. E não ligou.

A mim, só restou lamentar a sua falta de educação. Imaginando motivos possíveis.

Será que você não foi porque realmente não pôde ou simplesmente não quis?

Será que não ligou para não me magoar ou justamente o inverso disso?

Estou confusa, claro. Achava que você iria. Tanto que eu aguardei sua chegada por mais minutos do que deveria, inventando desculpas esfarrapadas para mim mesma. O trânsito, o horário, a meteorologia. Qualquer pneu furado serviria. E até o último instante, juro, achei que você chegaria a qualquer momento. Pedindo perdão pelo terrível atraso.


(...) Mas você não foi.

Esperei outro tanto pelo seu telefonema, com todas as esclarecedoras explicações. Para cada razão que houvesse, pensei numa excelente resposta. Para cada silêncio, num suspiro.

(...) Foram muitos dias nessa tortura, então entenda que percorri todas as rotas de fuga.

(...) Mas você não ligou. Mando esta carta, portanto, sem esperar resposta. Nem sequer espero mais por nada, em coisa alguma, nesta vida, para ser sincera.

No que se refere a você, especialmente, porque o vazio do seu sumiço já me preenche; tenho nele um conforto que motivos não me trarão.

Não me responda, então, mesmo que deseje. Não quero um retorno; quis, um dia, uma ida. Que não aconteceu, assim deixemos para lá.

Estaria, entretanto, mentindo se não dissesse que, aqui dentro, ainda me corrói uma pequena curiosidade.

Pois não é todo dia que uma pessoa não vai e não liga, é?

As pessoas guardam esses grandes vacilos para momentos especiais, não guardam?

Então, eis a minha única curiosidade: você às vezes pensa nisso, como eu penso?

Com um suave aperto no coração?

Ou será que você foi apenas um idiota que esqueceu de ir?

Fernanda Young

2 comentários:

Naty disse...

Adoro a Fernanda Young desde a época dos Normais. Gosto da maneira q ela escreve sobre coisas simples mais cheia de sentimentos. Nem preciso falar de onde tirei o nome do meu blog.
^^

Cackau Loureiro disse...

Essa escrita "rebelde" da Youg nos faz indentificar com todas as babaquices do mundo.Rssss

Tão natural....

Adorei sua visitinha!!

voltei amiga, saudades demais de Vc!

bjs