12 dezembro, 2008

♥ Corpo desobediente esse meu!


Ele insiste:

-Quer sair comigo agora?


Desviando o
olhar respondo:

-Não,estou sem vontade.

Ele insiste
enquanto afaga minha nuca:

-Vamos ,eu adoraria,e sei que você
também

Minha resposta já não me parece tão segura quanto
antes:

-Não,não insista.

Sua boca mais que beijar,morde meus lábios e
sua língua ousa entre meus dentes, e depois passeia por minha orelha e nuca,ele
insiste mais uma vez:

-Quero o mais doce dos doces,mais ainda do que o
doce de sua boca,vêm vamos?

Faço cara de brava,respiro fundo,
dou-lhe as costas,mesmo que o coração palpite em descompasso,
a bunda empine oferecida,
em direção contraria do caminho que tomo,
e a buceta se contraia em pulsações excitadas.

Vou embora sem olhar pra trás.

Corpo
desobediente esse meu!


De

4 comentários:

Loira* disse...

As vezes precisamos nos virar e ir embora mesmo não querendo, mas da forma como "brinca" com as palavras tudo parece ficar ainda mais dificil...
Lindo!!

naara aprendiz disse...

rsrss amei!!!!

E eu q achava q meu corpo não me obedecia... rsrsrs Isso sim é ser rebelde licia! rsrss

Um beijo enorme, de quem muito te admira,
sempre admirei...

naarinha aprendiz_{DL}


( posta "aqueeeeele" também!!!!rss)

Maria disse...

Por isso dizem que o primeiro passo é sempre o mais difícil...rs...até porque ele, muitas vezes, é necessário para que haja um retorno à altura!

Beijos!

básica disse...

um corpo pronto...
uma mente limpa...
um desejo latente....