09 fevereiro, 2011

Contra a corrente...

Ando pessima companhia.
As palavras fugiram em mim.
Por isso e por tantos outros motivos,ando sumida daqui.


RODA VIVA

Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu
A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva e carrega o destino prá lá

Roda mundo, roda gigante, roda moinho, roda peão
O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração

A gente vai contra a corrente até não poder resistir
Na volta do barco é que sente o quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva a mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva e carrega a roseira prá lá

A roda da saia, a mulata, não quer mais rodar, não senhor
Não posso fazer serenata, a roda de samba acabou
A gente toma a iniciativa, viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a viola prá lá

O samba, a viola, a roseira, um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira que a brisa primeira levou
No peito a saudade cativa, faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a saudade prá lá


Chico Buarque

7 comentários:

Sentimental ♥ disse...

a felicidade está aí, de segunda a segunda, nós é q temos preguiça de perceber... rs
bjs

Roberta disse...

É boma getne se recolher às vezes Dê, refazer, transcender e voltar com muito mais brilho e luz!

beijos.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

De antemão gosto muito dessa música, de tudo do Chico Buarque. Espero que não demore, mas se for necessário, uma saida sempre é boa sim. Boa sorte. Beijos

Sonica disse...

Que coincidência, a música nos torna próximas, ou será o Chico?
Muitas vezes é necessário trocar o "revelar" por "ocultar"...mas volta logo´!
Bjs e excelente finde!

Jou Jou Balangandã disse...

Vixi menina, estamos em sintonia, pois o tempo fechou por aqui também!
Bjous e melhoras pra nós!

Daniel Savio disse...

Bonito, mas senão lutar pela felicidade, ela nunca veem...

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.

José Maria Lobato disse...

Olááááá!!! Conheci seu blogue através do blogue da querida amiga Graça (Zambeziana), e vim dar uma olhadinha!!!!
Gostei imenso, parabéns pelo blogue, você tem aqui um espaço muito airoso e interessante, conto voltar para um olhar mais atento e profundo!!!
Abraço, Zé Maria