03 agosto, 2010

Mudança dos ventos



"Verdejantes tempos
Mudança dos ventos no meu coração

Verdejantes tempos
Mudança dos ventos no meu coração


No meu coração"...


Busco palavras para dizer dos meus sentires e não as encontro,uma canção talvez possa falar por mim

e sigo

sentindo...



Denise







37 comentários:

Meri Aleixo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Meri Aleixo disse...

Denise
Que música linda
Faço compainha pra ti,
ando prendendo tanto minhas emoções
minhas palavras
meus sentires, que estou a quase a explodir...


Gosto um tantãozão (rsrsr, vixxi exagero néh?) de vir aqui
me parece que estou na casa de uma amiga de muito tempo



Se te ajuda, deixo um abraço de carinho

bjs moça que gosto de ler

Diu Mota disse...

E a vida é seguir tentando. Sempre adorei ouvir essa música, senti-la.
inté

Diu Mota disse...

E a vida é seguir tentando. Sempre adorei ouvir essa música, senti-la.
inté

Chorik disse...

Tô muito cansado para achar as palavras, vou aproveitar e ir no embalo da sua canção.
bj

Flavio Ferrari disse...

Só não muda com o vento
quem já morreu
ou se internou num convento

Hod disse...

Não podemos mudar a direção, intensidade e velocidades dos vento. Podemos ajustar as velas e aproveitar o melhor que os ventos das mudanção sopram pela vida.

Beijos.

Daniel Savio disse...

Então que tenha uma doce fraguancia esta mudança...

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.

Denise disse...

Meri ,
querida
Há certos momentos que o importante é SENTIR,seguindo.

Creio que palavras neste momento não exprimiriam,esse sentir todo.

por isso elas andam fugidas de mim rs
Qto a vc gostar,tb adoro,venha,sinta-se em casa,abra a geladeira,pegue um café e fique a vontade querida amiga

afagos

Denise disse...

Diu,
Sim sim e aproveitar os verdejantes ventos

onde tudo começa a florir.

afagos germinantes

José disse...

Com mais ou menos intensidade o que interessa mesmo é sentir, e prosseguir.

beijinho,
José.

manuel marques disse...

O que faz andar o barco não é a vela enfunada, mas o vento que não se vê .

Abraço.

Denise disse...

Quem canta e dança seus males espanta Chorik (rs)

e as vezes o cansaço tb


afagos vertejantes

Denise disse...

E não é Flavio?

estou vivinha,vivaz e absolutamente vivente de meus dias ,e um convento não combina muito comigo rs

afagos vivos

Denise disse...

Num veleiro,aproveitando a brisa e a vida ,Hod.

afagos

Denise disse...

Se doce eu não sei menino Daniel,mas é sempre uma viagem...

afagos de viajante rs

Denise disse...

Isso mesmo meu querido José

PROSSEGUIR e seguir,por isso sigo.
e como dizia uma linda canção:
"Caminhando e cantando e seguindo a missão".
afagos

Denise disse...

Manuel
A vida e a vontade de vive-la.......apaixonadamente.

afagos

Jou Jou Balangandã disse...

De permanente, nessa vida, só mesmo a mudança, não é mesmo??

Bjous

Paula Oliveira disse...

Denise querida, até quando ficas sem palavras, tua forma de sentir emociona ... saibas que não estás sozinha... canto contigo...

Lu Dantas disse...

Linda música! Vc tem uma sensibilidade enorme que fica nítida na suavidade do seu blog e nas músicas que escolhe.

Obrigada pela visita, viu!

Um beijão

Sentimental ♥ disse...

seguir sentindo é o q importa...

Denise disse...

e é tão bom exercer essa flexibilidade que nos faz melhores não é Jou

Denise disse...

Paula

brisas e ventos..............as vezes me tiram palavras,deve ser pq fico em suspiros

afagos suspirantes rs

Denise disse...

Lu

você a mulher sensivel.........e intensa vendo sensibilidade em mim
Ai ai ai............só pode ser pq reconhecemos nos outros o q temos em nós

afagos reflexivos rs

Denise disse...

Sen

e eu lá sou mulher de não sentir..........assim tudo em TODOS os momentos rsrsrsrs

adoro ver vc aqui,sempre querida

Borboletas ao sol disse...

E tudo aqui continua lindo!

Borboletas ao sol disse...

E tudo aqui continua lindo!

Vavá disse...

Denise,
Que lembrança me trouxeste com esta música.
Creio que estive num dos primeiros ou no primeiro show de Leila Pinheiro, no Rio. Foi no Maracanãnzinho em milnovecentos e muito tempo atrás...a música era Verde!
Linda...linda...linda!
Saudades.

Roberta disse...

ai que delicia sentir verde!!

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Denise....Denise...
Sempre nos emocionando.
Sabe, acredito que nosso vocabulário terreno é tão pobre, que palavras não conseguem expressar determinados sentimentos.
Sentimos. Porém, não explicamos.
Beijos

Uma Pulga em desesperO disse...

E sinta e cante, e sinta e cante, e sinta e cante e cante de novo.

Bjão!

Denise disse...

Moça borboleta que vive ao sol rs

você que vê beleza,porque a tras em si.

afagos sempre

Denise disse...

Vavá

verde verde

que bom que pude de certa forma trazer essa boa recordação.

carinho

Denise disse...

E tem q verdejar e florescer nè Ro

mesmo que em dias como hoje (TPM brava) eu esteja seca sem polem sem flor.

afagos
(amanhã to otima rs)

Denise disse...

Celamar

Verbalizar sentimentos nem sempre é facil.

Ando focada em SENTIR

afagos carinhosos

Denise disse...

Debora

Cantar é bom..............mesmo com minha voz rouca rsrsrs

coitado de quem ouve rs

afagos