23 dezembro, 2009

Ei você


Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...Mas será que poderia me dar uns minutos da sua atenção?Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você.
Para onde vão todos?
Os shoppings estão lotados...Crianças são arrastadas por pais apressados, em meio ao torvelinho...
Há uma correria generalizada...
Alimentos e bebidas são armazenados...E os presentes, então?
São tantos a providenciar...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Mas qual é o motivo dessa correria?
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Talvez você nunca tenha notado que há pessoas que oferecem presentes por mero interesse...
Que há abraços frios e calculistas...
Que familiares se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação.
Mas já que você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: "viva Jesus, feliz Natal"!
E os sóbrios comentam: "é louco!”.
E a cidade se prepara...

Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
E quem vive sem caridade desconhece o encanto do mar que incessantemente acaricia a praia, num vai-e-vem constante...
Natal é fraternidade...
E a vida sem fraternidade é como um rio sem leito, uma noite sem luar, uma criança sem sorriso, uma estrela sem luz.
Mas o Natal também é união...
E a vida sem união é como um barco rachado, um pássaro de asas quebradas, um navegante perdido no oceano sem fim.
E, finalmente, o Natal é pura expressão do amor...
E a vida sem amor é desabilitada para a paz, porque em sua intimidade não sopra a brisa suave do amanhecer, nem se percebe o cenário multicolorido do crepúsculo.
Viver sem a paz é como navegar sem bússola em noite escura...
É desconhecer os caminhos que enaltecem a alma e dão sentido à vida.
Enfim, a vida sem amor...
Bem, a vida sem amor é mera ilusão.
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem pela Terra deu origem ao Natal...


Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita.


20 comentários:

Flor ♥ disse...

Denise,

Obrigada pelo carinho e pela mensagem.
Bom Natal, amiga, boas festas, bom recomeço de vida no ano novo...

Beijinhos.

Sentimental ♥ disse...

eu amei esse texto.
bjs

EDUARDO POISL disse...

Ele veio para iluminar o mundo.
Mistério de luz,
inunda nosso espírito em ternuras
e modifica nosso modo de agir.
Transforma nosso egoísmo
em ações concretas.
Jesus é esperança
e nos traz paz e felicidade.
Ensina o caminho
e anuncia a salvação.

Linney Jeanne Palma

Desejo a você e sua Família,
um feliz Natal, e muita paz, imbuído
do verdadeiro sentimento de
solidariedade e amor.

Abraços com todo meu carinho

Jana disse...

Linda mensagem Dê...
Desejo um Natal iluminado, cheio de amor, paz, saúde e sucesso, a ti e à todos que tu amas...

Um abraço.

Jana

Jou Jou Balangandã disse...

Ei Dê!
Linda mensagem! Obrigada por dividí-la comigo!!
Feliz natal!
Bjou

Dani disse...

Lindo texto!
Aproveito a oportunidade para deixar aqui votos de um Natal mágico para você e um ano cheio de saúde, sucesso, amor, grana e muuuuito sexo gostoso (quem precisa de mais, né?).
Fiz um mimo para os amigos. É pouco, eu sei, mas está repleto de carinho. Dá uma olhadinha:
http://i996.photobucket.com/albums/af90/PontoRouge/2010.gif

beijo rouge

Dani

A.S. disse...

Um abraço muito especial... hoje!!!

AL

Evandro Varella disse...

Denise,
Obrigado pela visita!
Um Ótimo Natal cheio de alegrias e paz.
Abração
Vavá

RaH disse...

Um ótimo natal para você e que o espírito e os sentimentos do natal permaneçam por todos os dias do ano que se inicia e nos próximos anos da sua vida!

Saúde e Paz!

BeeijO!!!

Fred Matos disse...

Denise,
Não obstante a minha implicância com o uso comercial do "espírito natalino", não tenho como escapar da influência que a data exerce sobre o meu emocional que ainda teima em crer que a humanidade não é caso perdido e que podemos construir um mundo mais justo, sem violências e sem preconceitos. Em suma: sou um ingênuo assumido.
Sendo assim, é inevitável que venha para deixar os meus votos sinceros de que você tenha um feliz natal e que o ano novo não seja apenas uma nova página no calendário, mais um marco de mudança que inaugure uma nova era de paz e felicidades para todos e que possamos realizar todos os nossos melhores sonhos e projetos.
Felicidades.
Beijos

Barbara disse...

Bem...enquanto o Natal não for uma festa democrática, de rua, onde pessoas diferentes em tudo se encontrem ao menos para pipocas, conversa e dança ( porque Cristo não é sinônimo de tristeza), enquanto ainda estivermos presos na imagem da manjedoura e esquecendo que a trajetória da Sagrada Família foi na direção de cenários diferentes - o mundo - enquanto o Natal for uma festa sòmente para as pessoas escolhidas da família, não vale prá mim.
Como festa cristã não.
Isso está implícito no seu lindo texto - que é desafiador - mesmo com ternura é desafiador sim.
1 abraço e Boa Sorte.

Daniel Savio disse...

=P, obrigado pela mensagem.

Um feliz natal para ti, que mesmo agora no final, reste boas lembranças e sentimentos desta data.

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.

Sofá Amarelo disse...

Boas Festas e o maior beijinho do Sofá Amarelo!!!

Éter Na Mente disse...

Só será um natal real, quando os homens de boa vontade voltarem a seu papel inicial: Amar ao próximo.

Belo texto!

Feliz natal e um 2010 cheio de coisas boas.

Abraços fraternais

Lu Dantas disse...

Linda mensagem! Adorei! Realmente o corre-corre da vida nos faz passar despercebidas por tantas coisas...

Espero que seu Natal tenha sido maravilhoso! Beijos

LU MATHIAS disse...

Grat por sua presença e carinho...
Boas festas e um feliz Ano novo...
Bjus... LUiza...

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Aqui estou no final do ano (quase...) a desejar-te um ano de 2010 em Grande: 365 dias de saúde, doze meses de alegrias e 52 semanas de sucesso.
Um beijo carinhoso
Graça

Sandra Timm™ disse...

Denise.

Obrigada pelas palavras de carinho que me deixaste.

Desejo que 2010 seja um ano cheio de emoçoes e vibrações positivas e que a felicidade seja o ponto final/inicial de todos os teus momentos.

Que Deus te abençoe muito.

Beijo

LEO disse...

O mais importante e bonito do mundo é isto: Que as pessoas não estão sempre iguais, mas que elas vão sempre mudando. (Guimarães Rosa)
UM SEXIMAGINARIUM 2010
LEO

Dalila. disse...

Texto mto bacana...
=)
ótima reflexão!
Feliz Natal atrasaado! rsrs