28 agosto, 2009

Só um até logo...

Quando entrar setembro
E a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão(...)
Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cor
Só nos resta aprender

Há dias venho sentindo que uma tempestade se avizinha.

O ar anda pesado,um quase cheiro de chuva.

Sentimentos que vem em forma de ventos fortes , daqueles que levam tempo para se resolver e se assimilar,e não ando conseguindo verbalizar isso.

Por isso vou recolher as roupas do varal ,tirar as cadeiras da varanda, fechar as janelas e portas para que a tempestade não faça estragos.

Quem sabe com a primavera logo ai e a agua tendo feito seu trabalho de limpar tudo e purificar o ar ,possa eu "florescer" novamente.
Depois chega o verão e ...

Por hora,deixo com vocês o melhor dos meus pensamentos.

Até logo,
Denise

82 comentários:

Chorik disse...

Até breve Denise, até breve. Que setembro nos seja leve. Bj

Amanda disse...

Amo essa música.
Amo Beto Guedes.
Comecei a ler e a lembrar da letra e agora tô aqui cantando sem parar.
Lindo.

paula barros disse...

E quando a tempestade se aproximar, abre as portas do coração, deixa entrar os ventos e raios, que chuvas sairão pelas janelas dos olhos, e lavarão a alma.

Não se demore. Setembro está na porta, o verão se aproxima.

bjs

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Que venha Setembro, Outubro, Novembro.... ai,ai...

Muito Lindo Denise!!!


Tem selinho pra você lá no bloguinho.
Passe lá e pegue o seu!

Bom final de semana!

Bjs!!!!

=)

Roberto Ney disse...

feche as janelas um pouco. Leia um bom livro. Leia-se.
Permita-se descobrir e ser descoberta. Fique bem. Sorria o máximo que puder. E escreva. Compartilhe seus sentimentos e lance-os aos quatro ventos. Algumas palavras merecem ser escritas. Outras merecem ficar nas entrelinhas.

beijo grande e um fine de semaine cheio de inspirações

Sentimental ♥ disse...

algumas tempestades são 'boas', elas têem o poder de colocar tudo no lugar e levar consigo coisas q não precisamos mais...
beijos

Paulo Braccini disse...

as tempestades nos lavam e nos purificam para que possamos ressurgir para uma primavera com promessas de eternidade ...

te adooooro Denise

;-)

Nazare Varella disse...

Boa tarde querida amiga. Obrigada pelocomentário no meu poema Entre o Verde e o Céu. tem razão... é lindo visualizar o céu ao relento!!Noites lindas ....

Udi disse...

Linda amiga!

Amo esta canção! (grande novidade as nossas preferências coincidirem, né?).
Também andei pressentindo tempestades... mas deixei rolar, saí sem guarda chuva e não recolhi as roupas do varal...
Quem sai na chuva é prá se molhar!
Cá estou... com-ple-ta-men-te ensopada!
Ainda bem que o sol sempre volta... as roupas vão secar e eu não vou enferrujar (hihihi!!!)

Um post sobre primavera:
http://prozacafe.blogspot.com/2008/08/zen.html

* seilá por que, mas só com você é que lembro de postagens que já fiz.

beeeeijo!

Udi disse...

Êba! tirou a "censura prévia"?
;)

Simples Assim... disse...

Tenho duas coisas curiosas a comentar. Uma é que li o comentário que vc me deixou já há algum tempo, de lá pra cá não andava conseguindo tempo pra visitar os blogs, não com a calma que alguns deles exigem (apesar da palavra "exigir", isso nada tem a ver com obrigação, tem mais a ver com respeito, respeito pela profundidade que algumas pessoas alcançam, respeito pelo tanto que essas mesmas pessoas me tocam, enfim, respeito por vc, por mim mesma... mas já estou me perdendo, voltemos... rs). Então, li seu comentário há algum tempo e hoje, quando liguei o pc, com calma, janela aberta dando pro jardim colorido, lembrei de suas palavras. Foi como se eu só tivesse realmente vontade de vir aqui com a "paz" exterior necessária pra que eu pudesse realmente mergulhar no turbilhão ou me deixar levar pelas águas calmas, que eu pudesse me deixar livre pra acompanhar a maré, seja lá pra onde e de que forma ela me levasse. E quando chego vc escreveu justamente sobre as águas, as águas que se anunciam, que limpam, que arrebatam, que renovam, que levam, mas que também arrastam, destroem, desorientam. O grande lance (e essa sacada é a segunda coisa curiosa que eu tinha a comentar) é que as águas não podem ser controladas, mas o que elas farão conosco, nisso, em geral, somos cúmplices, se não fazemos, permitimos. Mas o que tem de curioso nisso? Digamos que estou justamente na janela, olhando pro céu e pensando se fecho ou se escancaro, deixando que a tempestade faça todos os estragos possíveis.

Escrito tudo parece mais intenso do que verdadeiramente é. Não é um momento trágico, não mais do que qualquer outro momento de decisão. Escolher é sempre uma forma de matar, alguma coisa tem que morrer pra outra mais forte sobreviver. Enfim, sinto que vc pode entender alguma coisa no meio dessa minha forma louca de me expressar. Mas, como sempre digo, a culpa nem é minha, culpa sua de insistir em me lembrar o quanto é interessante me deixar levar pela vontade da correnteza das palavras alheias, no caso, as suas.

Eu realmente adoro a forma com que vc escreve. Vir aqui é um presente.

P.S.: Não tenho usado o msn, na verdade estou acessando a net do trabalho, mudei há pouco tempo e estou sem net em casa. Mas anotei seu e-mail, vou adorar conversar com vc. Bjs !!!

xoogle disse...

A tempestade chegou por aqui... infelizmente não deu tempo de tirar a roupa que já estava seca no varal...

Lavo novamente.

Ivan

Stella Tavares disse...

Sempre amei a sensação de abrir janelas depois de chuvas torrenciais. Traz uma sensação de renascimento, renovação, de ramos verdes sendo levados no bico de um pombo que volta e um arco-iris que chega logo depois. É tudo o que sei te desejar e é de coração.
Bjos.

manuel marques disse...

Os grandes navegadores devem sua reputação aos temporais e tempestades .

beijo

Jaquelyne A. Costa disse...

De

eu estive por aqui...

eu estive...


Beijo=*

Mulher Vã disse...

E quando voltar, entre as nuvens fofas, terá um sol loiro e sorridente te esperando para um caloroso e reparador abraço.


Beijo de carinho =)

Flavio Ferrari disse...

Tempestades sempre se aproximam ... mas sempre passam... e nos dão de presente a oportunidade de reconstruir.

Chris... ჱܓ disse...

Depois da tempestade vem a calmaria...
E tudo volta aos seus lugares.
Que a primavera traga tudo de bom para sua vida...
Uma linda semana de paz!
Bjos mil...

Valentina disse...

Hoje, você recebeu o selo Fique de olho nesse blog do Amor aos pedaços (http://nossosretalhos.blogspot.com/)
Se decidir postá-lo aqui, vá lá e confira as regras.
Parabéns! Seu blog é Show!
Valentina

Mauri Boffil disse...

Viva a primavera!

Ava disse...

Aproveita para andar na chuva, brincar na enchurrada...

Deixar a agua lavar e levar tudo...

O sol sempre brilha depois...

Beijos no coração...

Graça Pereira disse...

A alma prepara-se sempre para a chegada da Primavera, há uma liturgia a compasso com a natureza!
Aqui chega o Outono. Melancoli? Porquê? Se o amarelado da paisagem é sinal de tanto que se deu à vida! Boa semana e bom Setembro. Um beijo Graçaquelimane

Lucy disse...

e que venha setembro com toda sua exuberancia.
Beijos Denise...

Retalhos de Amor disse...

A primavera se fará antes do
tempo, linda Dê... Em teu
coração!!!
Tuas palavras emocionam e dizem
muito do que nos vai na alma, do
que faz parte de nossas vidas!!!
Obrigada, Linda Menina!!!

Amiga, tem selinho pra ti lá no
meu Retalhos... Com todo meu
carinho!!!

Beijos pra ti...
No teu terno coração!!!
Iza

Márcio Kindermann disse...

Que venha setembro e suas boas novas... que passe a tempestade e chegue a primavera em flor!
Ah... nossos conflitos existenciais!
Tudo de lindo prá vc Denise.
bj

Déia disse...

Deixe a tempestade vir... e logo ela irá embora, levando tudo que deixarmos.. cuide do que quer que fique!
bjs
Linda música!

MR disse...

Bem que podia chover aqui em BH. Também estou precisando de uma água.
Adoro chuva, com vento, que escurece o céu.
E adoro Setembro, e essa música.

Maris Morgenstern disse...

enquanto vc espera por setembro...
setembro me assusta.

airlon disse...

e o quase cheiro de chuva com certeza trará coisas boas! Bjos, saudações musicais...

APS

Anônimo disse...

Pôxa... gosto tanto de vir aqui...

Espero que volte mesmo...

Te gosto de montão!

beijos querida...

Chica disse...

Quie linda reflexão fizeste, bwem dentro de ti...E a tua poesia comentário no meu blog é tua? Achei tão linda que se for, peço a permissão pra publicar num dois meus blogs.tá? Te aguardo.beijos,chica( Fica bem!)

Sandra Timm™ disse...

Parece que as tempestades estão por todos os lugares...


Até breve, Denise!

Espero que vc encontre e traga o sol quando voltar.

Beijo

Náhira Brunelle disse...

Aguardarei a sua volta!
Que logo faça sol!
grande beijo

marcelo dalla disse...

Que lindo Denise! Senti aquele ar leve, fresco e puro que chega depois da tempestade...
Que os ventos e as tempestades nos lavem a alma!
bjos

Uma Pulga em desesperO disse...

Lindo menina... Bjus e bom findi pra vc!

Luiza de Oliveira. disse...

Gostei muito, chegou setembro então, é hora de colocar a roupa lá fora outra vez.
Um beijo e bom final de semana!

José disse...

Olá Denise
quando alguém vai ao meu blog e depois deixa de ir, fico com aquela sensação que disse alguma coisa que não devia. ou aquilo que escrevo deixou de ter interesse.

Mesmo assim cá vai outra ageneira
Tu no teu post dizes quando entrar Setembre.

Aqui Alguém diz que o melhor dia para casar é o trinta e um de julho
porque depois entra a gosto.

se é pela primeira peço desculpa.
pela segunda não tenho culpa.

afagos, josé

anareis disse...

Querido(a) novo(a) amigo(a),estou precisando muito da ajuda de todos os amigos. estou montando uma minibiblioteca comunitária pra crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,se voce puder me ajudar estou fazendo uma campanha de doações. pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3, ou pode doar livros ,ou pode doar máquina de costura, ou pode doar retalhos, ou pode doar computador usado. se quizer fazer aguma doação entre em contato com meu email: asilvareis10@gmail.com ,eu darei o endereço de remessa. se voce não puder me ajudar com doações pode divulgar minha campanha, tenho 2 blogs no google gostaria da sua visita: Eulucinha.blogspot.com ,obrigado pela sua atenção.

Sylvia disse...

Gozado, eu tinha lido este seu post, achei que tinha feito um comentário... coisas da minha cabeça, com certeza!

Mas, que bom que setembro chegou... novos ares, primavera no ar...

Bjs e obrigada pelo comentário...

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

Paula disse...

Minha querida Denosa que saudade de você...
Que setembro seja leve, rapido, e silencioso...
Muitas saudades!

Sandra Ribeiro disse...

Amiga...sinto a sua falta, sinto falta das palavras no seu blog, sinto falta de ver a atualização na minha página.Perdoe-me se estou sendo egoísta. Receba um abraço com muito carinho...

cristal de uma mulher disse...

Minha linda amigo pois já a considero dona de minha chuva de poesias..obrigada por ser observadora isto é muito raro e porfavor entra em meu blog para ver minha resposta que até para mim foi muito importante e quero ser sua seguidora e te quero como seguidora tambem.
Tens uma palavras vivas em tua alma tua literatura me encantou e fico feliz de tê-la constante me elevando para continuar em ferente...obrigada linda amiga e beijos

Udi disse...

"comentando o comentário":
Denise,
você foi a primeira a prenunciar a primavera 2009 pela blogosfera!
"Quando entrar Setembro
e a boa nova andar nos campos..."

De certa forma, este post (aquele do Prozac) dialoga com o seu. Espero que você retorne antes da Primavera.

beijos agradecidos.

Amarísio Araújo disse...

Denise,

Que a tempestade não passe de uma chuva mansa.Vou aguardá-la para antes mesmo da primavera...e uma flor bela como você já é!

Bom voltar aqui.Estava com saudades.

Beijos.

Maria Fe disse...

olá nova seguidora! rs
lindo seu blog, mas... parado? volte!
abraço!!

Sônia disse...

Linda música!
Então, até logo e não se perca no caminho...rs


Abraço!

Sandra Ribeiro disse...

Minha querida, que felicidade senti quando vi seu recado, sinceramente eu não esperava resposta...
O mundo virtual nos prega peças, você é um achado nos dias de hoje, onde todos têm pressa e usam a falsidade antes de tudo.
Linda, pode ficar quietinha...
Estaremos te esperando de coração aberto, repleto de carinho...

Michele Prado disse...

Adoro essa música, Denise!
Que surpresa boa o seu blog. Obrigada pela visita.

P.S.: por mais assustadoras que sejam, as tempestades sempre passam.

Bjs.

LUZ disse...

muito bonitas, palavras e imagens de amor :)

Beijs

Éter Na Mente disse...

Tempestades só são destruidoras em alicerces frágeis. Do contrário servem como combustível a vida.
Poema lindo. Senti saudade de te visitar e lembrei o motivo. Sou seu fã.
Abraços fraternais.

Paulo Celso disse...

Olá minha querida amiga virtual.
Primeiro quero agradecer tua visita o meu canto, e dizer que este blog seu é lindo, como dizem meus alunos "é da hora".
Bem agora sobre tua pergunta.
Doi e doi muito, e não tem anestesia que aguente tamanha dor, mas com o passar do rio chamado tempo; aquela ferida horrível cicatriza e vai beliscar de tempos em tempos. O que não podemos fazer é nos martirizar toda vez que vemos a cicatriz e pensar é que as coisas são pessoais. "Tudo acontece com todos", e achamos que só acontece com a gente.
Pense desta forma. "Me machuquei e caí"; agora vou aperender a não cair ou me proteger melhor para não machucar.
Espero que de alguma maneira tenha ajudado, se não ajudei, volte para tomar um chá com mais calma, receberei com um grande sorriso.
abraços deste velho professor

Pensamento aqui é Documento disse...

E que a cada estação, se reinvente um coração. Bom mesmo é mudar!

Lucy disse...

Lindaaaa você.
Seus comentários são sempre os mais especiais.

Abraçinho carinhoso pra vc.

Nanda disse...

Adorei aqui tbém! Até logo, não quer dizer adeus, mas já volto!

Anne disse...

Pois é, eu tive a minha tempestade particular nesses últimos meses, pensei q tinha destruído tudo o q me era importante, mas me enganei. Depois que a dor se foi, que parou a tormenta, eu consegui finalmente encontrar um caminho novo, melhor, um que me deixa feliz. Agora está tudo bem melhor, mais leve, mais bonito e sem nuvens no horizonte. Que a sua seja assim tb, rápida e "construtiva".
Bjossss

Barbara disse...

Ah...Beto Guedes...

Coisa Frágil disse...

Denise,
Volta logo...que setembro consiga resolver as pendências...

Bjus perfumados

Patrícia Boudakian disse...

oie, tem convitinho pra vc no meu blog. beijos

Fernanda disse...

Meu setembro tem sido turbulento..
Tomara que o seu seja lindo!!

Beijos!

Luísa disse...

Setembro está a+i e eu trago-te nele votos de um mês muito feliz.
Beijinho terno

Marcelo Mayer disse...

por isso digo... até logo... pq tb voltei

♥ Driii ♥ disse...

Menina linda...
Saudades de vc!!
Passa lá no meu blog que tem selinho pra vc!!

Beijinhos ...

:o)

Liciane disse...

Cadê vc amiga?!
Saudade dos seus poemas... seus textos tão lindos!

Beijos e ótima semana!

Thais disse...

Linda música, sabor de leveza, cheiro de quase chuva.

Achei lindo.

Tyna disse...

Saudades mulher!

Beijos

Felicia disse...

Oi, com licença !!!
Adorei !!
Também estou em momento, setembro !
E a espera de novos ventos para novamente florescer !!

Adorei!
Seguindo-te !!

bjs

Eu sou o GOOGLE disse...

Muito legal , adoro descobrir novos blogs e ser descoberta, abre a possibilidade para novas temáticas e novos aprendizados. Obrigado por me seguir, estou a segur-te também.

bjs

Leonardo almeida disse...

setembro-outubro-novembro-dezembro.
e que venha um mundo novo :)

Déia disse...

Por onde vc anda?

saudades!

bj

Uma Pulga em desesperO disse...

Oi Linda! Tem selinho pra vc no meu blog. Bjuuuuuuu

Cavaleiro dos Dragões disse...

Há tempo
tempo de ir
de vir
de ser
de flor e ser
e você é uma flor linda encantada
um beijo saudoso

Felicia disse...

Também Denise !!!
bjs

Lucy disse...

Olá Denise não tinha como ñ vir aqui te agradecer pelas lindas palavras.
Eu te confesso que seus comentários me emocionam, acho eles SINCEROS .
Olha obrigada viu pelos parabéns,meu niver foi um dos melhores da minha vida rs.Muito divertido ri e me diverti muito com amigos ,família e meu love.

Obrigada por tudo .Saudades de teus posts cheios de palavras lindas.
beijo e carinho meu.

Cris Teles disse...

Setembro tem esse poder de renovar nossa esperança, de clarear e enfeitar nossos dias :)
Beijos!

Maris Morgenstern disse...

oi querida...
tem um selinho pra vc lá no questão de afinidade

▒▓█► JOTA ® disse...

ººº
.....oooO.............
....(....)....Oooo....
.....)../. ...(....)..
.....(_/.......)../...
.............. (_/....
... PASSEI POR .......
.......... AQUI ......
......................


► p'ra desejar bom f-d-s

NOTA: O link do " INCONGRUÊNCIAS " foi alterado.

Se vc tá com paciência, altera tb o link nos teus favoritos para acompanhar os ultimos post's

Essa é a nova morada:
http://hard-jota.blogspot.com/


Bjsssss

--
► Jota Ene ๏̯͡๏

SILVANA PEDRINI disse...

Passei para te conhecer e conhecer seu espaço. Agora vou te acompanhar também.
Que a primavera traga você de volta.

Bjs
Silvana {

Palavras ao Vento

_Gio_ disse...

Nem sempre é fácil notar quando a tempestade está vindo, e se preparar para ela.... A menos quando vem de dentro de nós.

Daniel Savio disse...

Mas a chuva tem papel fundamental, ora aguar as plantas, ora demonstrar que não somos senhores de tudo...

Espero que tu melhores.

Fique com Deus, menina Denise.
Um abraço.

airlon disse...

Denise:

voltaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...

bjos, saudações musicais!

APS

Denise disse...

Meu mais sincero agradecimento a todos que esperaram a tempestade passar em mim e intuiram energias boas.

Meu bem querer a todos os queridos amigos .

Denise