31 julho, 2009

Voilette

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza.
(Ana Jácomo)

Quando pequena, bem pequena ,eu me fantasiava com suas lindas roupas e ficava pimpona andando pela casa. Você reclamava que eu batia os saltos dos sapatos nas escadas e forçava-os, podendo vir a estragá-los, mas sorria ao me ver toda coquete (era esse o termo que usava).

Você era chique e elegante,com você aprendi o verdadeiro significado de elegância,que é a simplicidade de olhar o outro com respeito e consideração.

Lembro que tinha desde luvas até pequenas bolsinhas que combinavam com seus lindos e elegantes chapéus(já nem se usava mais,mas você os guardava com tanto capricho).

Recomendava cuidado, mas deixava eu desfrutar desses mimos.

Eram as suas lembranças de um tempo em que mais viveu a liberdade de ser o que era...

Mulher avançada, diante de seu tempo, resolveu morar só quando ficou órfã, mesmo que isso resultasse em ser mal falada. Viajava,sempre tinha um namorado que a levava ao aeroporto ou à rodoviária, e um que a esperava.E dizia que um completava o outro.

Entre essas roupas que eram meu guarda-roupa de atuar, havia um tal chapéuzinho desses que tem um tulê, o que me remetia um certo ar misterioso que ajudava nas "atuações".

Lembro que se animava toda e escrevia cenas mirabolantes, era a roteirista e ajudante nas brincadeiras.
O tal chapéu (adoro chapéus, pena não usarem mais) tinha um pequeno broche que segurava o véuzinho. Quando eu o colocava, você sorria e dizia: - É uma pena que já não se usam mais, pois você fica linda com ele. E lá ia eu, vestida de mil personagens, encenar os seus sonhos, que de certa forma viraram meus.

Crescida, lamentei não ter guardado o tal “chapéuzinho

Anos depois fiquei comovida ao ouvi-la dizer que, por meio de mim, pôde encenar mil aventuras que não tivera coragem ou oportunidade de viver, por meio das peças de teatro que encenávamos.

Creio que aprendi com você a ser sonhadora e otimista. Aprendi também que não se pode deixar de viver sonhos, e que está em nós os fazermos possíveis.

Observando meus filhos em meio a discos (sim eles curtem discos de vinil), livros, e observando o quanto de cultura e elegância eles têm, cercados daquela simplicidade que os faz tão amigáveis , senti sua presença , sorrindo, constatando o quanto de frutos deixou.

Deixou a mim e aos meus a percepção de que é preciso viver em plenitude ,respeitando as pessoas,tendo a certeza que sempre algo de bom em todos.

(Hoje a saudades se faz com recordações desse tipo, foram momentos como esses que formaram o "cimento" que me construiu)

Para você mãe...


Denise

86 comentários:

básica disse...

Dêeeeeeeeeeeeeeee............
Relembrar um cotidiano saudável , traz saudade!!!! Poder sentir é privilégio de gente que teve vida boa!!!!
Contemple a sua saudade minha amiga!!!!!!!!!!!!!!

Ana disse...

ai que fofoooooo adorei! a última frase então ...
beijos,

airlon disse...

lindo.

APS

Delirius disse...

Fantástico Denise!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A amizade é assim:
É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!

¨Olavio Roberto¨
Desejo um lindo final de semana
Abraços

Liciane disse...

Que lindo texto!!!!!

Bjss e bom fim de semana!

Graça Pereira disse...

Mãe é a árvore debaixo da qual nós crescemos. Protegeu-nos dos ventos mais fortes, ensinou-nos a olhar a vida sem medo e os outros com amor.Felizes daqueles que, como nós, tiveram uma mãe assim. Um bj amigo Graça

Chris... ჱܓ disse...

Olá amiga!
Este pots faz pensar e voltar ao passado... sentir saudade das coisas que não voltam mais. Mas que não saem da lembarnça...

Lindo post!

Bjos mil...

Auréola Branca disse...

Puuuxa, que incrível viver tua vida!
Não pude herdar alguns sonhos do passado, da minha família. Minha geração antiga era mais conservadora (porém, sei que tiveram estórias incríveis de escrever livros). O que impressiona-me é que, por mais que tenham vividos grandes cenas, não notara que as mesmas tinham grande importância para mim, culturalmente necessitada de passado.
Tudo bem, importa-me ler-te nas suas...
Abraços e volte sempre.

G I L B E R T O disse...

Maravilha de mensagem, Denise!

Linda! Parabéns!

♥ Fernanda disse...

Me emocionei ao ler...
bj

Márcio Kindermann disse...

...amor, simples e real, o u fica prá sempre.
o que é a vida se não uma eterna saudade.
bj (adorei o texto-saudade)
mk

Fabiana disse...

Que lindo.
É muito bom ter recordações felizes... roupas de bonecas e passeios com sombrinhas pelo quarteirão. Todo mundo tem suas recordações e felizes aqueles que as guardam com carinho no coração.

Blue disse...

Linda homenagem e reconhecimento.
Beijos

R.Vinicius disse...

Oi.

"- Temo que minhas palavras sejam insuficientes para discorrer sobre a beleza das tuas lembranças; sobre a homenagem a sua mãe. Eu creio que belo – seja pouco, ou superficial demais." Abraço.

Déia disse...

Nossa, que lindo, me emocionei! Que homenagem linda!
Muito bom esse tipo de palavra, mostra que o mundo, as famílias e a felicidade realmente existe!!

Thathá. disse...

Lindo o texto, emocionante de verdade.

Adorei o blog !

Beijos ;*

Sandra Timm™ disse...

Lindo, Denise.

Forte e emocionante.

Lindamente sensível!

Fantástico

Vivian disse...

...meu Deus que texto
homenagem/lembrança,
mais lindo!!!

ví a mamãe em muitas palavras
tuas.

que linda é você!

bjuuuu

Meri disse...

Vou deixar registrado que não só gostei do blog, mas tbm da autora, que por meio deste post se apresenta muito original e de uma simpatia cativante. Não sei como chegou ao meu blog, mas obrigada. Bj.

Denise disse...

Sempre Ba...
Tu sabe do que falo quando cito todas as boas recordações que ela deixou e o quanto somos fruto desses ensinamentos e desse amor.

beijo
De

Denise disse...

Sim ana.......lembranças que são o cimento do que sou.

beijos querida
De

Denise disse...

airlon

Fiquei sem saber que musica cantar........só me veio gleir miller que ela amava,sera que pode me ajudar rs

beijocas
De

Denise disse...

Delirius

grata pela visita

De

Denise disse...

Sempre gentilsua presença Eduardo.
grata
De

Denise disse...

Liciane
linda é vc

beijos
De

Denise disse...

Sim Graça.......felizes somos nós.

e sou muito grata por isso.
beijo
Denise

Denise disse...

Ah Cris........é uma saudade que acalenta e aquece..e me traz colo qdo preciso,recordando das coisas boas que ela me ajudou a viver.

beijo
De

Denise disse...

Pretos olhos.
Sim querida......tive e tenho raizes especiais e frutos perfeitos.

gosto da imagem metafórica de ser eu uma arvore........flexivel e firme........mas precisada sempre dessas regas que me são as lembranças.

grata por vir
De

Denise disse...

Grata Gilberto.

beijo
De

Denise disse...

Tão bom que ainda nos emocionamos não é Fernanda?
grata por vir
beijo
De

Denise disse...

Isso mesmo Marcio.

Grata sempre pelo carinho
De

Denise disse...

Isso mesmo Fabiana.........aprender com o passado....plantar no presente vivendo-o com cuidado e intensidade plena.e aguardar os frutos no futuro.

que assim seja

Grata pela visita
De

Marcelo Mayer disse...

gostei de seus textos. voltarei mais vezes aqui

paula barros disse...

Quantas lembranças...gosto muito da sua forma de escrever porque me faz viver as histórias, a ver as cenas, a sentir muita emoção.

abraços

Barbara disse...

Que alma elegante a sua!
Não só pelos desfiles ou chapéus mas pela gratidão e reconhecimento .
Compreendo isso e muito.
Vivi coisas muito parecidas.

Denise disse...

Blue....um homem q divaga e sempre comenta de forma gentil.

Grata
De

Denise disse...

Muita gentileza de quem escreve de forma magnifica como vc Vinicius

muito grata pelas palavras
De

Denise disse...

Ah Déia.....problemas todas familias tem.e a minha não é diferente,mas priorizamos e focamos no amor.
Acho q é por isso q os tapas nem doemn tanto rs

beijocas
De

Denise disse...

Thathá
O menina uma graça vc vir aqui

grata viu

De

Denise disse...

Sandra minha querida

tu não vale elogiar rs
pelo visto nos duas "babamos" uma na outra rs
beijos
De

Denise disse...

Tão bom termos essas lembranças não é Vivian?

grata sempre,por suas palavras sempre gentil
beijo
De

Denise disse...

sou assim....lindinha e simpatica Meri (rindo)
brincadeira,muito grata por tanta gentileza nas palavras.
Volte sempre sera uma delicia ter vc aqui

beijo
De

Denise disse...

Uma deliciosa visita a sua Marcelo.
Nos visitaremos

grata
beijo
Denise

Denise disse...

Vc sempre gentil Paula.

que bom q consegue senti-las.

beijocas
De

Denise disse...

Para mim elegancia é isso Barbara,saber ser agradecida...
É justamente na energia da gratidão q exerço meu bem querer e que nasce minha alegria.

grata sempre por vir

Beijo
De

Thais Motta disse...

Ei , obrigado pela visita no blog e pelo comenário .

Adc teu blog a minha lista de favoritos . Volte la sempre que quiser!

Um beijo !

Thiago Panza Guerson disse...

Muito, muito bom! Fiquei com um sorrisinho constante durante todo o texto.

Beijossssss

Náhira Brunelle disse...

"Relembrar um cotidiano saudável , traz saudade!!!!" [2]

Lindo seu texto, querida!
Mãe... como é bom tê-la para ensinarmos a viver!!!
grande beijo

Denise disse...

Grata pela recepção querida Thais e pela retribuição da visita
beijo
De

Denise disse...

Que delicia saber que manteve um sorriso aoler......adoro saber q de certa forma pude atravez de alguma historia minha fazer alguem manter um sorriso.

grata por vir

Denise

Denise disse...

Sempre uma benção recebela aqui Nahira

grata pelas palavras sempre.

Sou uma felizarda de ter vivido esta vida terrena sendo filha de quem sou,mesmo hj ela desencarnada tenho certeza que se faz feliz.

beijo
Denise

Gabriela Castro disse...

Uma bela homenagem. Infelizmente a minha não está mais por aqui. Gostei da sua descrição.
beijos

Denise disse...

A minha não esta mais entre nós vestida do corpo carnal.....mas sua energia de amor......esta em nós e sempre se faz mais presente,quando vivemos algum de seus ensinamentos.

grata pela visita
Denise

Olavo disse...

Passando para convidar vc a participar da nova brincadeira lá no blog...contamos com vc.
Abraço

Maris Morgenstern disse...

fiquei aqui me deliciando com seu texto e lembrando q eu brincava com um pedaço de tule também.
nao estava num chapéu.
mas era
era um tule tão especial.


adoro chapéu

pin gente disse...

não se usam chapéus?!
então eu nado fora de moda!

gostei de te ler.
um abraço
luísa

Simples Assim... disse...

Cada vez que entro no Impressões e vejo um comentário de alguém que nunca antes havia comentado ou mesmo estado por lá, me dá uma sensação de dia nascendo, de início de viagem, de primeiro dia na escola. Sempre fui muito curiosa e minha curiosidade não era pelos fatos, acontecimentos, queria saber mais sobre os motivos, sobre os mecanismos, nunca foi mais importante pra mim saber o que, mas por quê. Enfim... pra alguém assim, a possibilidade de penetrar no mundo interior de alguém sempre é uma verdadeira delícia, especialmente quando é decorrente de um convite, ainda que implícito.

Cheguei aqui e fiquei feliz, sério, feliz por encontrar mais um blog cheio de palavras, sons e imagens com os quais me identifiquei. Na verdade mesmo, me identifiquei com os sentimentos contidos nessas palavras, sons, imagens. Já não é a primeira vez que falo em identificação hj, deve ser um bom sinal ou então há mais loucos soltos por aí hj do que havia ontem... rs... rs.

Gostei mesmo daqui, tanto que me senti à vontade, e daí veio a vontade de estar por aqui mais um pouquinho. Bjs.

Valentina disse...

Nossa, realmente a ultima frase arrasa, mas a verdade de cada palavra toca profundamente.
Bjs

Menina de óculos disse...

Lindo texto.
Sensível!

Obrigada pela sua visita e pelas palavras delicadas.

Abraços.

:)

Denise disse...

Já disse q quero Olavo mesmo não estando o nome do meu blog por lá.......ninguem mandou me convidar sou arroz de festa rs

carinho
De

Denise disse...

Sim Maris...somos feito de lembranças e fé............alem de outras coisas rs

adoro q vc venha

beijo

De

Denise disse...

Dani do simples assim

Nos ultimos anos aprendi q o simples......o genuino,o sutiol e delicado.......é o q faz diferença e com vc aprendi q é possivel......apenas SER.....assim simples.

Meu coração ficou repleto de gratidão com sua presença.

e isso me fez estar em contentamento.

muito grata
carinho

Denise

Denise disse...

Eu ate uso....mas confesso q adoraria q fossem imprescindiveis rs rs

grata por vir Luisa

carinho
Denise

Denise disse...

Seu blog é tão lindo menina de oculos q não me cando de ficar por lá.

grata por vir

beijo
De

Denise disse...

Que delicia vc aqui Valentina.

ando surpresa em como ha gentes incriveis por aqui e acolás.

carinho

Denise

Flor disse...

Essa é uma das horas em que eu só penso, não falo.

Um beijo.

Twilight disse...

Lindo o post!
Ah as estrelas....Ah o amor!

intervalo disse...

Denise,obrigada pelo carinho da tua presença em meu pequeno universo.

(Hoje a saudades se faz com recordações desse tipo, foram momentos como esses que formaram o "cimento" que me construiu)
gostei muito,lindo isso.

beijoss com carinho meu.Lia...

Flavio Ferrari disse...

já tinha me ganhado logo no "pimpona". Linda homenagem.

Denise disse...

e sem falar,diz tudo não é flor.

grata por estar aqui pensando

De

Denise disse...

Twilight
Sempre!
Sempre o amor

carinho

De

Denise disse...

É Flavio
e eramos pimpões todos nós rs

beijo com carinho

de

Noh Gomes disse...

Obrigada pela visita, amei seu canto, agora venho sempre.


Beijos

Denise disse...

Noh linda
muito bom ter vc aqui de volta
carinho
De

mariab disse...

essa é uma saudade linda, que apetece (re)viver. adorei o seu texto.
beijo

Déia Arakaki disse...

Oi queridaaaaaaaaaa!!

Que lindo esse texto que escrevestes num misto de homengem e saudades de sua mae.
Adorei !!

Muita luz , paz e Amor para voce sempre!!

beijos

Mauri Boffil disse...

Que lindo texto... mto fofo

Nana de SouZa disse...

Chega deu um aperto no coração. Que declaração lindaa!
As lembranças a fazem ver o quão rica foi sua vida por tê-la. Porque ela é o alicerce de sua vida!

Lindo texto De.
*suspiros*


Cheirooo enorme e uma puta saudade

Denise disse...

Lia do intervalo

Grata eu por ter vc aqui retribuindo a visita.
gentileza sua

beijo
De

Denise disse...

Sim mariab
saudades quando transformada em recordação traz calor e colo,e aquece o coração.

esta é uma dessas saudades.

grata sempre por vir

Denise

Denise disse...

Simn Déia...
Luz queremos Luz

Luz pra cada um que traz o amor no peito
Luz pra cada manifesto, um gesto, um jeito
Luz pra quem não se acomoda
E busca sempre mais
Luz pra aquele que procura e jura paz
Luz pra cada um que revigora vida e o amor
Luz pra cada ser humano em qualquer plano, seja onde for
Luz pra cada rebeldia
A luz do dia um dia vem
Luz prá cada ponto escuro no futuro
Muito além de nós
Luz que une, impune, a terra, o céu e o mar
Luz prá todos nós, tão sós tentando amar
Luz prá cada insegurança
Onde a esperança nos abraça
Luz envolva esta criança
Nos teus braços me refaça
Luz nos temporal dos ventos
Luz prá esse final dos tempos
Luz prá toda caminhada
E cada uma tem seu preço
Luz no temporal dos ventos
Luz pra esse final dos tempos

e que assim seja

Denise

Denise disse...

Nana amor meu.
Moça bahiana dos trejeitos e da sabedoria alcançada com gentileza e amor.
De tão "grande" que tu é,me sinto privilegiada de ser sua amiga e dessa PUTA saudades q nos acomete qdo não falamos.

tb tem de minha parte minha querida

carinhos mil

Denise

Denise disse...

Fofo é vc mauri


ah tá eu tb mas literalmente (gargalhadas)

beijo
De

Hod disse...

Aloha Denise,

Na teia que teces com os fios de amor, que fostes em útero tecida, agora conosco compartilhas tuas memórias e lembranças.
Fecundas com palavras em homenagem à genetriz, sua mãe Afrodite Matriarcal.

Para ti e teus afetos muitas bençãos nesta semana iluminada!!

Forte Abraço!

Aloha!!
Hod.

Denise disse...

Que lindo Hod
Não sei como ela encararia ser chamada de genetriz,mãe Afrodite Matriarcal (rindo).

Mas que é bonito é

grata pela visita

Denise