26 julho, 2009

Maiakovski

Nunca fui do tipo meloso, por isso poemas melosos nunca me encantaram,este é o poema de amor mais lindo que já conheci.
Enquanto muitos morrem de amor e pelo amor,
Ele poeticamente e lindamente vive o amor
E não me lançarei no abismo,
e não beberei veneno,
e não poderei apertar na têmpora o gatilho.
Aforao teu olhar
nenhuma lâmina me atrai com seu brilho.

De um de meus poetas favoritos.

Maiakovski


LÍLITCHKA!

Em lugar de uma carta

Fumo de tabaco rói o ar.
O quarto -um capítulo de inferno krutchônikh.
Recorda -
Atrás desta janela
pela primeira vez
apertei tuas mãos, atônito.
Hoje te sentas,
no coração - aço.
Um dia mais
e me expulsarás,
talvez, com zanga.
No teu "hall" escuro longamente o braço,
trêmulo, se recusa a entrar na manga.
Sairei correndo,
lançarei meu corpo à rua.

Transtornado,
tornado louco pelo desespero.
Não o consintas,
meu amor,
meu bem,
digamos até logo agora.
De qualquer forma
o meu amor
- duro fardo por certo -
pesará sobre ti onde quer que te encontres.

Deixa que o fel da mágoa ressentida
num último grito estronde.
Quando um boi está morto de trabalho
ele se vai e se deita na água fria.
Afora o teu amor
para mim
não há mar,
e a dor do teu amor nem a lágrima alivia.

Quando o elefante cansado quer repouso
ele jaz como um rei na areia ardente.
afora o teu amor
para mim
não há sol,
e eu não sei onde estás e com quem.

Se ela assim torturasse um poeta,
ele trocaria sua amada por dinheiro e glória,
mais a mim
nenhum som me importa
afora o som do teu nome que eu adoro.

E não me lançarei no abismo,
e não beberei veneno,
e não poderei apertar na têmpora o gatilho.
Aforao teu olhar
nenhuma lâmina me atrai com seu brilho.

Amanhã esquecerás
que eu te pus num pedestal,
que incendiei de amor uma alma livre,
e os dias vãos - rodopiante carnaval -
dispersarão as folhas dos meus livros...

Acaso as folhas secas destes versos
far-te-ão parar,
respiração opressa?

Deixa-me ao menos
arrelvar numa última carícia
teu passo que se apressa.
(Tradução de Augusto de Campos)


50 comentários:

RP disse...

How Sweet!

manuel marques disse...

Lindo,lindo,lindo.

Grato pela partilha.
Beijo.

Mahria disse...

Sempre fui do tipo meloso. Mais poesias, poemas assim, tbm me encantam, mto lindo mesmo. Parabéns pela escolha.


Boa Tarde!

Bjs

Batom e poesias disse...

Ótima escolha!

Mas se este poema não é "meloso", do que mais chamaríamos tanto amor?

Beijos
Rossana

Teia de Textos disse...

Gostei muito do seu espaço.
Tem atitude!
Voltarei!
Abraços.

Zeus disse...

Oi amiga Denise,venho te desejar uma excelente semana cheia de paz e de muitas realizações e que a felicidade seja uma constante em sua vida e aproveitando te deixo a seguinte mensagem:

"Às vezes, naquele minuto de oração deixamos de tomar uma atitude precipitada, de proferir uma palavra agressiva, de permitir que a cólera nos induza a qualquer atitude infeliz..."

Um abraço e seja feliz!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A qualquer hora em que chegares,
sentarás comigo à minha mesa.
A qualquer hora em que bateres a minha porta,
o meu coração também se abrirá.
A qualquer hora em que chamares,
eu me apressarei.
A qualquer hora em que vieres,
será o melhor tempo de te receber.
A qualquer hora em que te decidires,
estarei pronto para te seguir.
A qualquer hora em que quiseres beber,
eu irei a fonte.
A qualquer hora em que te alegrares,
eu bendirei ao Senhor.
A qualquer hora em que sorrires,
será mais uma graça que o senhor me concede.
A qualquer hora em que quiseres partir;
eu irei à frente nos caminhos.
A qualquer hora em que caíres,
eu estenderei os braços.
A qualquer hora, em que te cansares,
eu levarei a cruz.
A qualquer hora em que te sentires triste,
eu permanecerei contigo,
A qualquer hora em que te lembrares de mim,
eu acharei a vida mais bela.
A qualquer hora em que partires,
ficarás com a lembrança de uma flor.
A qualquer hora em que voltares,
renovarás todas minhas alegrias.
A qualquer hora que quiseres uma rosa,
eu te darei toda roseira.
Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar
uma amizade que não seja toda,
de todos os instantes e para todo bem.

by: Cid Moreira

Desejo uma linda semana com muito amor e carinho.
Abraços
Eduardo

Ava disse...

..."afora o teu amor
para mim
não há sol,
e eu não sei onde estás e com quem."


Denise, que mistério é esse, que acontece quando amamos, que nos entregamos tanto, a ponto de alguém tirar-nos o sol...

Tanta escuridão...

O poema é divinamente belo!


Beijos na sua alma!

Olavo disse...

è uma poema lindo..cheio de amor sim..lindo.
Otima semana
Beijos

pensar disse...

Q lindo!!!

Flavio Ferrari disse...

Achei as fotos mais bacanas do que o poema.

Vivian disse...

...olá linda!

que encanto de post, my God!

existem tantas maneiras
de falar de amor.
e Maiakovski o fez aqui
de forma encantadora.

delícia esta partilha...

você é uma linda!

muahhhhhhhh

Paulo Braccini disse...

My God ... que maravilha para começar bem uma semana ...

bjux

;-)

PeggY disse...

De,

nem corto os pulsos!

Abraços!!

Graça Pereira disse...

É um poema diferente e por isso, tão bonito. Afinal Denise, tu és mesmo uma revelação! Um bj e boa semana Graça

Vieira Calado disse...

Bem... estamos a falar dum dos maiores poetas que por aí se podem ler!

Cumprimentos

Denise disse...

Doce mas não melado RP rs

beijocas

De

Denise disse...

Lindo demais não é manuel?

grata por vir

De

Denise disse...

Mahria
Quando diga nada melosa me refiro a não acreditar em morrer de amor..........amor deve ser vivido........
beijocas

De

Denise disse...

Rossana......pra mim é perfeito rs

maia é sempre perfeito rs

adorei sua visita

Muito grata

De

Denise disse...

Ester da teia de textos

grata pelas palavras

Volte mesmo vou adorar

De

Denise disse...

Zeus sempre gentil

Lindas e verdadeiras palavras
Muito grata

De

Dri Viaro disse...

Estou de volta, mas ainda correndo, vim dizer boa noite, e logo voltarei pra ler melhor

bjs


este é um recado fake por favor não me mate

Hod disse...

Aloha Denise,

Fantasticamente lindo, sempre uma surpresa quando venho vê-la..

TEm um presente dourado para vc lá no Olhar de CArpe Diem, porque

Amanhã 28.7 vou dar um Upgrade na minha Idade. Vou colocar mais 1 Terabyte de Pura Vida nela. Combustível suficiente para estar aqui com vc nos próximos 365 dias....

Muitas bençãos!! bjuss!

Aloha!!
Hod.

Denise disse...

Nenhuma amizade pode existir sem ser para o bem Eduardo

beijos e agradecimento para vc e aquela linda companheira q tu tem
Denise

Denise disse...

Ava.....se notar ele ama o amor e vive por ele.......sem se importar....apenas ama.

e é lindo não é?

beijos

De

Denise disse...

Meu preferido Olavo.....amor que traz vida.......


beijo e gratidão pela visita

De

Denise disse...

Mari do pensar q pensa

Que bom q gostou

fico feliz em mostrar coisas q sempre gostei

beijocas

De

Denise disse...

Imagens q combinam com a duçura do poema não é Flavio?
Espero q esteja melhor da gripe

beijocas

De

Denise disse...

Verdade não é Viviam..........amo Maiakoviski.....e esse poema em especial.

Grata por vir

De

Denise disse...

Paulo

A intensão era essa..........começar a semana bem....acreditando no amor.......

beijocas
De

Denise disse...

Nem eu Peggy..........amor é para vida......ação criadora de energia......não para sofrer

beijocas querida

Denise

Denise disse...

Muito Grata pelo elogio Graça.........revelar-me o q sinto e sou é a intensão.........com segredos...CLARO rs

beijos

De

Denise disse...

Sim Calado sem sombra de duvidas um poeta dos melhores.

Grata por vir e pela gentileza das palavras

Denise

Denise disse...

Dri fake ou não fake tu é LINDA rs

beijocas amore.......saudades

De

Denise disse...

Hod Qta felicidade renovar energias...........comemorar a vida comemorando mais um ano.

vou la...........encher vc de abraços e intuir muita energia de bem querer e felicidade

beijos

De

Retalhos de Amor disse...

"A fora o teu olhar
nenhuma lâmina me atrai com seu brilho."

Nada a acrescentar...
Só viver e sentir!!!

Beijos, Linda Denise...
No coração!!!
Iza

Denise disse...

è minha parte preferida Iza.

Amor= vida
e pensar que ha quem se mate e mate em nome do amor

Denise

Márcio Kindermann disse...

... que incendiei de amor uma alma livre.
E não é sempre assim, ou queimanos ou saímos queimados?!
Bj
Tato - MK

Denise disse...

E é tão bom arder não é Tato?

beijocas

De

Marisete Zanon disse...

O poema é belo, porém o amor não mais tange a minha vida com sofrimentos e escuridões opressas!!!
esmaques

Marisete zanon

Denise disse...

Marisete

Que felicidade vc viver o amor lucido limpo e resplandecente como deve ser.

beijos iluminados

De

Náhira Brunelle disse...

Eu nunca fui muito melosa, mas sempre gostei de poemas romanticos.

Adorei o o poema que finalizou o post.
Grande beijo

Loka pela Lua disse...

mandou bem!
lindo!

bjos

Denise disse...

Náhira

Maiakoviski é demais mesmo

grata pelas palavras e visita

De

Denise disse...

Lokinha amor meu rs

Eu Mando bem oooooooo cê tem alguma duvida rs?

beijocas

De

Fernanda disse...

De, Maiakovski é o meu preferido!!
Precisava muito mesmov er um poema dele hoje.
Voce trouxe luz para o meu dia come este post.

Beijos

Denise disse...

Luz para iluminar a vida.

que bom q encontrou em nele essa luz querida Fernanda

te gosto

De

G I L B E R T O disse...

Denise

Em primeiro lugar, sinto-me honrado e lisonejado por tua visita e por contar contigo entre meus seguidores. Mas, a minha verdadeira gratidão foi por, através de sua generosa visita, ter me dado a oportunidade de ter vindo conhecer aqui, teu canto, que digo-te sem falsas gentilezas, é lindo e encantador.

Também gosto de Maiakovski... POema lindissmo. Rola pela net um power point com estas fotos que tu colocastes aí, que é bem bonito.

Um abraço, estarei sempre por aqui.

Grato, de seu mais novo amigo

Gilberto
nel mezzo del cammim

Nada do que eu faça pode mudar o destino. disse...

lindoo..

Obrigada pela visita...


teu espaço ta perfeito