05 junho, 2009

Lindo! de Nina Antunes

Porque me faltam palavras e sobram suspiros
e lágrimas prontas a cair.
Eles crescem,eles voam,e agente vê que brotaram e viraram uma linda canção e que fomos de certa forma responsáveis por alguns acordes.


Para ver as meninas brotando

Só quero dizer a você que te deixo e por mais que eu te queira demais, a vida
não gosta de esperar, a vida é pra valer, a vida é pra levar.
A você, só quero que continue aí, lendo Dulce Veiga e testando os limites desse jogo de palavras pr’eu te descobrir aos poucos, leveza, confissão, impulso, ficar olhando e
imaginar coisas que aconteceriam se.
A você, ruiva, poxa, volta pra cá, te acolhe no meu ombro e aprende que é tudo um puta banho de água fria.
A você, voa alto, voa imensamente alto e alcança os pontos onde eu ainda não consegui tocar - por você, tudo é passo, tudo eu posso.
A você, mostra as pernas de novo nesse short xadrez, vai, deixa os pés descalços e as sandálias jogadas, me fala de Libra como quem conhece meu zodíaco interno.
A você, clareante, toma todos os meus tons de vermelho pra tua felicidade. A você, saia daqui, gente inconveniente não se abriga.
A você que não m’escuta mais, acorda e vai engolir o mundo, agora!
A você que nunca vai saber, eu te espreito todos os dias, uma atriz sabe o que faz e disfarça vontades.
A você, a viagem mais importante de todas, quando descobri que anjos vivem em São Paulo.
A você, vamos deitar na grama e abraçar em todos os domingos até a velhice do corpo, ser Velma e Roxy em noites cheias de cor.
A você, fecha os olhos, cai inteira, sem culpa e sem medo nessa coisa de se apaixonar - é que dor de amor não dói.
A você, ô, a você eu só tenho a agradecer porque entendi mais de ser feliz, real, completa e simples depois que você apareceu.
A você, quero que entenda que sentimento pela metade não se aceita.
A você que transcendeu, todas as vezes em que precisei lembrar
que você ainda existe em mim pr'eu continuar vivendo.
A você, loucureia, morena, loucureia!
A você, leãozinho, me dá mais do teu sorriso, dos teus colares e da
tua poesia, eu te cubro de calor.
A você, o nascer e o pôr-do-sol, porque os teus cabelos loiros fazem o céu ter mais leveza e importância.
A você, a gente ainda canta Cartola num boteco qualquer do país. A você, não jogue a culpa em mim pela tua ausência. A você, desculpa os meus maus-jeitos e os meus sumiços.
A você, faz voltar pra mim, a tua voz suave e calma?
A você, agüenta firme e continua em pé, eu te seguro forte. A você, todas as palavras que eu nunca vou conseguir dizer.
A você, guardados, todos os meus livros e flores de quinze anos
atrás.
A você, todas as nossas doses de tequila, todos os nossos brindes durante
todos esses anos lindos que você me deu e os dias de hoje que você me dá.
A você, algumas saudades que eu não assumo, por puro orgulho – ou desistência.
A você, muitas coisas pra contar e vários conselhos pra pedir, quero te mostrar
que a porra-louca permaneceu.
A você, o meu beijo de verdade e a única bossa que
eu fiz nessa vida, mesmo que as coisas não terminem em samba.

NINA ANTUNES
do http://metadinha.blogspot.com/

7 comentários:

Paula disse...

Nossa, que lindo Denise, que lindo!!

Estou passando para avisar que tem selinhos para você lá no meu blog, porque eu ADORO vir aqui!
Eee! Beijão!

adriana disse...

Denise,
Seu blog é todo lindo, com seus poemas e ilustrações.
Com certeza é de alguém a se revelar.
Parabéns!
Um abraço,

Larissa Cruz disse...

"Vida Louca Vida...Vida breve, já que eu não posso te levar quero que você me leve". é tão bom se deixar levar pelos "sentimentos" que comandam esse misterio.
Bjus
Obrigada por sempre aparecer no blog.
Bom Find.

Denise disse...

Nossa Paula

Desse jeito vou acreditar

Carinho é sempre tão bom

grata
carinhos meu pra vc

De

Denise disse...

Adriana

Revelar-se e viver

afinal.......é bonita é bonita e é bonita!

beijo

De

Denise disse...

Amo essa musica Larissa

E gosto sobretudo de pensar q faze-la leve e louca nos leva a viver a brevidade dela com intensidade

adorei que tenha vindo
carinho

De

Mara faturi disse...

Denso, lindo;adorei !!!!APAIXONANTE!!
bjo