09 maio, 2009

Crescer...

"Uma vida não questionada não merece ser vivida."

Platão



Para crescer é preciso empenho e vigilância.
Ser feliz de dentro pra fora.
Estar com o próximo apenas compartilhando sem criar dependência.
Sentir e desfrutar com cuidado da natureza, inclusive a natureza humana.
Conseguir calma no caos.
Quando e enquanto se cresce é preciso ir em frente.
É saber a hora exata de parar e buscar outros caminhos.
É preciso também não se prender ao passado, apenas usá-lo para o presente.
Reconhecer os erros e valorizar as virtudes.
Crescer é ter consciência que nada é bom ou ruim.
Ser responsável por nossos atos e por suas consequências.
Entender que temos o espaço de uma vida inteira para crescer.
Quando crescido, amar-se e dessa forma amar o outro.
E principalmente...
Crescer é saber estarmos sempre em processo de evolução e a única diferença existente entre nós é que alguns perceberam isso mais rápido.
Somos todos seres em evolução.
E eu...
Estou caminhando.

Denise

4 comentários:

A Língua Nervosa disse...

Ah!!!
menina Denise...amei suas palavras sábeis!!!

Envolver-se e não criar dependência...isto é muito difícil, porque sempre que amamos criamos um elo...e aí geramos esta dependência..as vezes pro mera carência, mas outras por pura existência do ser. Porque eu acredito que ser feliz sozinho é impossível.

E eu to tentando encontrar calma no caos....ah!! como estou...e confesso que não é fácil para mim lidar com minhas emoções...sou impulsiva, sensivelmente sensível e me magoo facilmente. Mas é um exercício diário...evoluir tá sendo um exercício com cargas pesadíssimas!!! mas vamos me frente.

Outro ponto muito, mas muito dificil..é me desprender do passado...mas já sei que isso é extremamente necessário...viver a felicidade de hoje e não de ontem...mas ele faz parte da minha história...então esquecê-lo jamais!

bjs

Denise disse...

Sabe
Tenho aprendido,se bem que por vezes....esqueço e preciso rever e retomar....que é enorme a diferença entre precisar e querer,quando em uma relação acridito no querer,sem precisar.
Tudo ,creio eu,é uma questão de tomar conciencia vigiar-se e não dexai as coisas ocorrerem no automatico.

assim vai se levando e aprendendo,cada dia um pouquinho

beijos
Lingua Nervosa
Adorei a visita

De

Blog do Óbvio disse...

Denise, adorei o seu escrito. Curti cada linha. Parei, pensei... Muito lindo. Bate mais ou menos (claro que resumindo) com os dizeres de uma linda camiseta que ganhei de uma grande amiga: "Tenha paciência, Deus ainda não me terminou...".
Isto é, estamos sempre evoluindo e o processo você romanticamente delineou.
Maravilhoso. Um carinhoso beijo. Manoel.

Denise disse...

Manoel
Partindo do principio que somos seres eternos ,espirituais vivendo uma vida terrena,acredito piamente,que estamos aprendendo e em evolução,portanto em busca de equilibrio.

E Deus de fato não terminou,nem ele nem nós,e acredito que nunca terminará,afinal temos muito o que aprender.

beijos

De