27 maio, 2009

Amor de corpos



Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.

Só em Deus – ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

(Manuel Bandeira)

7 comentários:

Blog do Óbvio disse...

Muito bonita a sua postagem. Muita sensibilidade a sua. Beijinho. Manoel.

Sergio Gonçalves dos Santos disse...

Menina, você é pura arte.
Amei demais.

Bjs no coração e felicidades mil

Com carinho

Sérgio, beija-flor-poeta

Denise disse...

Sempre gentil Manoel

carinho meu a vc

De

Denise disse...

Toda felicidade para nós Sergio

beijo

De

Maria disse...

Bem que eu queria Bandeira, mas minha alma não me deixa...

P.S.: Que imagem linda =DDD

Beijo, querida.

Manual do Inseguro.com disse...

Ah, Manuel Bandeira e seus preciosos versos!
Amei o seu blog e não vi outra saída a não ser declarar-me seguidora. Beijos.
Stella Tavares

Denise disse...

Stella,então nos seguiremos e perseguiremos ideias e sonhos.

é uma honra.

De