07 abril, 2009

No olho do furacão



Seus silêncios vêem em bando ,parece que são chegados os tempos das
migrações.



Fico por momentos cismada ,quieta naquela quietude dolorida feito silêncio no olho do furação .

Ainda movida por essa angustia que você me passa,compro o
jornal a procura da noticia de eminente catástrofe .


Nada nos jornais.

É em você que ela cresce.


Com a intenção de me distrair corro os olhos pelo horóscopo ,
em seu signo leio que vive um momento de eclipse lunar ou ainda
em inferno astral .


Sei lá,nunca fui muito ligada nessas previsões!


Vai que você é assim mesmo dramático.

Enfim relaxo e passo a ver a programação da TV, afinal temos signos
e personalidades tão diferentes.


Logo mais terá reprise de um clássico que estava aguardando.


Esqueço as tais "catástrofes".

A noite enfim será calma.

E o filme já vai começar.

Denise

8 comentários:

{Amar Yasmine}_DEXPEX disse...

Hummmmmmmm... que lindo!!!

Desculpe, por favor, minha presença só hoje. Voltarei, esteja certa, moça linda!

Doces besos!!!

*;-)

José disse...

Denise

Eu preocupa-me com as os males todos do mundo, mas não penso muito nisso,se não dava em maluco!

Desculpa de ainda voltar, a dois dedosde prosa. Ali vi a parte boa que existe felizmento no ser humano
da Denise,do Médico,E da mulherzinha.

Um beijo

Keth disse...

De, adorei o texto.

Realmente, o silêncio pode ser ensurdecedor e, consequentemente, desnorteador! =P

Bjão

Denise disse...

Amar
è sempre bem vinda por aqui,com todo conteudo que lhe é tão proprio.
Grata

Denise

Denise disse...

José

O bom é que sempre há um olhar de generosidade não é?

beijos

Denise

Denise disse...

Keth

Sim,por vezes incomoda mais que barulhos estridentes,o segredo é se aprender a não tentar viver as escolhas dos outros,afinal ha sempre um "filme" para se assistir.

beijos

Denise

R. disse...

A antecipação do silêncio, essa imagem que fazemos ao imaginar o que passa na cabeça do outro... Ai. Realmente, melhor ligar a TV.

E não fique emburrada, ó. Tardou mas a carta ta lá.

Bjs!

Denise disse...

É Rafa

Antes ficava tentando advinhar,agora relaxei,apenas sobre os meus pensamentos tenho um certo poder,e mesmo assim as vezes eles crescem em mim rs

Ultimamente em algumas relações que vivi, assisti filmes que nem pensava ver (rindo).


beijos

De