28 janeiro, 2009

Eu por mim mesma:


Sou Salvador Dali, impressionismo, muito, muito

impressionável...

Sou Clarice, densa, ácida, melancólica.

Também sou
Rita Lee, maneira, descolada e displicente.

Meio Veríssimo.

Lenny.

Kravitz.

Quintana.

Karnak, bagunçado e literal, mas nem tanto.

Sou
musica ,às vezes lenta, muitas vezes dançante.

Sou água, mas já fui fogo.

Sou halls de menta,pimenta,tempêros, coca-cola, vinho desses frisantes que
deixam pequenas bolhinhas de ar estourar sutilmente na língua.

Sou
gargalhadas,risos soltos,lagrimas que brilham nos olhos,vezes por emoção,vezes
de tanto rir e por contentamento.

Sou desavergonhada-envergonhada,
lasciva,sensual e sexual,
tímida e sem graça ,caso percebam isso em mim.

Sou doce, não do tipo melado, mais parecida com bala de leite condensado da Kopenagen, dura por fora, macia e escorrendo por dentro.

Sou comédia romântica, mais um filme desses “papo
cabeça” me agrada demais, ainda mais se ao final dele, puder degustar um café e
ficar olhando os livros da Cultura que tanto adoro.

Gosto também de DVD e
edredom.

Sou salto alto,mas não dispenso uma sandália baixinha.

Sou
jeans e camiseta.

Sou poesia e música.

Sou literatura, nada matemática.

Sou colorida, já fui preto e branco, menos branco que preto.

Mais dia que
noite.

Mais campo e mato que praia, se for praia ,que ela aconteça nos meses
de inverno, junto a um píer só pra ver a alegria dos que pescam e fisgam seus
peixes na madrugada que desponta em Ilha Bela.

Sou mais palavras que
ouvidos, se bem que tenho treinado silêncios.

Sou sorrisos,olhares,toques e
sentires.

Mais boca, mãos e massagens.

Sou provocação.

Desafio.

Sou eu.

Eu sou. ...

E você, quem é?

De


12 comentários:

Anônimo disse...

eu sou uma cadela

uma masoquista

(nunca achei que fosse dizer isso)

mas, sou mesmo uma masoquista

eu sou uma escrava submissa



Muito linda vc, Lícia,

linda demais

Doces besos!





{Amar Yasmine}_DEXPEX

Licia disse...

Ao pedir a um querido "amigo" escritor,para que me ajudasse com o texto,de forma que eu conseguisse colocar não apenas a visão que tenho de mim,mas o que podem ter de mim,fui surpreendida com essa frase:

Ainda conheço tão pouco de vc.... mas é o bastante para saber que gosto... o suficiente para intuir que quero mais... a descrição que faz de si mesma é o de uma mulher intensa... e que rompeu com as rédeas do formalismo usual... parece alguém em construção ou reconstrução.... alguém que se reconhece, mas que ainda busca conhecer-se mais... é minha primeira leitura.... e se eu tiver chegado próximo
do que vc quis dizer, penso que não deve mudar nada no texto...se não cheguei perto, é porque sou um grande idiota....rs

básica disse...

auto retrato , auto conhecimento...
adorei o texto Li

Anônimo disse...

Eu sou a Danna que fica babando quando te lê..



Danna

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Maria disse...

Sou sua alma gêmea, queridíssima... sou tudo isso e isso tudo nunca me basta... Ser sua amiga é parte desse nosso jeito de ser!

Beijos!!!

Anônimo disse...

ai ai ai...

vc é tudo isso e muito mais..

a mãe carinhosa,a confidente nos momentos dificies a amiga sem cobrar nada!

vc é especial..
pq vc é mágica!

loka pela lua

Anônimo disse...

Essa é a lícia ... multifacetada como o diamante e imprevisível como a água e como o fogo ... como a gente gosta

Herman Alb

O Astronauta disse...

Sou mais Picasso, cubismo, cúbico, ao cubo.

Sou João Guimarães Rosa, neológico, mineiro, universal (Minas são várias).

Não gosto de Rita Lee, nem do Caetano (toda unanimidade é burra), aliás, também não vejo graça em Nelson Rodrigues. Gosto do Gil (do antigo, não do ministro) e do Chico e do Velho Chico.

Sou muito Veríssimo(s), pai e filho e sincero.

Mas nem Lenny, nem Kravitz, Legião Urbana (omnia vincit).

Quintana demais, e Pessoa, e Bandeira, e Bilac.

Karnak sim, bagunçado não, literal um tanto. Mulheres Negras e de todas as cores.

Sou música, às vezes lenta, nunca dançante.

Sou água (ardente e salgada), mas já fui fogo, já fiquei de fogo.

Sou Halls de melancia (sabia que combina muito com uma sessão de oral?), pimenta (muita, malagueta, do reino, jalapeño), temperos demais, Coca-Cola (nunca Pepsi), cerveja gelada.

Sou gargalhada boba, sou chorão (até em desenho animado e filme dos Trapalhões).

Sou envergonhado, tímido e tarado.

E aí se me perceberem sem graça, já passei faz tempo a fase em que eu precisava que os outros gostassem de mim..

Sou bala de leite Kids, a melhor bala que há, quando o baleiro parar.

Sou comédia romântica também, sem muita paciência para filme-cabeça, mantenhamos o café, forte e sem açúcar e os livros da Cultura, Saraiva, etc.

Gosto também de TV e tapete.

Adoro mulher de salto alto e sem sapato nenhum, pisando em mim, (podólatra sim, submisso as vezes, SM não).

Sou bermuda e camiseta e chinelo de dedo.

Sou poesia e música também.

Sou literatura e física e matemática muito (afinal não é a linguagem com a qual Deus escreveu o Universo?).

Sou colorido, mas em tons pastéis (mas não um pastel), sou bidimensional, mas complicado. Cocada da preta e da branca, e rapadura também.

Mais noite que dia, para falar a verdade madrugada e amanhecer.

Muito campo e mato e montanha, mas também muita praia, seja nos meses de inverno, seja no verão curtindo um quiosque em Perequê em Ilhabela.

Sou mais de ouvir que de falar.

Sou de poucos sorrisos, mas muitos toques e sentires.

(Sou muito parênteses, acho que já deu para perceber)

Mas sou poucas entrelinhas

Não provoco, gosto de ser provocado.

(Dis)penso, logo (d)existo. (olha ele aí de novo...)

Sou eu sou.

E você, eu já sei (?)...

solphia38 disse...

A cada dia se revela alguma coisa, so sei que nada sei...
Estou num momento de turbilhão e mudanças...
So sei que nada sei...

Anônimo disse...

EU sou o homem que te quer!
"João Marques" joaobateragurmet@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Seu blog foi plagiado, veja aqui: http://euamoumcertorapaz.blogspot.com/2010/02/sou-eu-eu-sou-e-voce-quem-e.html