28 dezembro, 2008

Para um "Astronauta"

Quero me liquefazer, deslizando pelo teu olhar...

Porque
só quem conhece as estrelas,
saberá me levar a
conhecer outras estrelas
e a entende-las.


De
♥♥♥ ___________________♥♥♥
_______________________________________________________________
"Ora (direis) ouvir estrelas!
Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no
entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez
desperto
E abro as janelas, pálido de
espanto...
E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu
deserto.
Direis agora: "Tresloucado
amigo!
Que conversas com elas? Que
sentido
Tem o que dizem, quando estão
contigo?
" E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas."
Olavo Bilac Via-Láctea

Soneto XIII

3 comentários:

básica disse...

E é possível.... eu disse....

Anônimo disse...

Será possível? Será que esse Astronauta merece tanto? Vai acabar ficando convencido...

O que posso prometer é não ter medo de atravessar a rua...

Com carinho,

Marco

Sabe Quem? disse...

Não se ensina o sentir, pode-se até tentar descrever, mas sentimento e sentidos são sempre de cada um... O que há, sim, são aqueles que nos despertam com um afago ou um beijo, de um sono sem sonhos, e nos trazem ao despertamento com um sorriso...
Eita, viajei agora... só rindo...