12 novembro, 2008

Existe salvação


Em
minha nova vida, enquanto aguardo que se resolva a coisa do carro que mês a mês
é adiada, tenho descoberto que existe certo charme em se locomover de
ônibus.

Tá bom, tá bom, sou mesmo uma otimista compulsiva, tá bom que às seis
e meia da manhã é fogo, e à tarde então, quando todos querem voltar para suas
casas, a coisa aperta.

Mas tem seu charme, sim...

Eu, boa observadora que sou, gosto de perceber as pessoas, e quem
sabe saber mais delas.

Dia desses, indo visitar uma amiga, fui a um bairro a que nunca havia
ido, apenas chegado perto e de carro.

Bem, o caminho era longo e as pessoas diferentes das que habitualmente
encontro na linha que costumo usar.

Dois garotos iam em pé ao lado do MILAGROSO assento que havia sobrado
para que eu fizesse a viagem sentada.

Iam conversando e o mais novo parecia ser o mais amadurecido

Pelo tom da conversa, percebi que o mais velho deles reclamava de ter
dificuldade de relacionar-se com as meninas.

Idade complicada essa, onde temos tantos desejos e muitas dúvidas.


Vira o mais novo e fala:

- Mas, mano, a Sandrinha é uma graça e fica te dando boi.

E recebe de cara uma crítica:

- Mas ela tem espinhas, credo!

O mais jovem, maduro e paciente colega, diz:

- E a Bruna? - Nossa, meu, ela quase dava pra você, se você não tivesse
ficado lá parado de cara emburrado.

Nova critica.

- Você tá louco, mano, ela é gorda!

O mais jovem, maduro e já impaciente rapaz, perde a calma e fala:

- Meu, tu não tem espelho não??? - Tu, nem espinha tem, tem é vulcões
em atividade no rosto, e esse cabelinho seu fala sério, coisinha ridícula...

Tu parece uma baleia que nem deve achar o... (usando as palavras dele) tem
que dar graças a Deus, é chato... vive reclamando que num pega as minas, além de
tudo deve ser cego... se toca ooooooo mulher é sempre linda, as que não são as
mais lindas, a gente olha o interior, todo mundo tem muitas qualidades e as
menos bonitas normalmente são as mais maneiras.



Quase fui lá e dei um beijo na boca do moleque!

Pena estar chegando ao ponto em que eu deveria descer, para poder saber se
o garoto esperto e sensível iria conseguir colocar na cabeça do
chatinho,espinhudo e solitário rapaz ,algum juízo.

Enfim ,ainda existe salvação ...


De

2 comentários:

básica disse...

Li,,
as mudanças sempre vem com sinais de que por mais difícil que o novo pode parecer, há prazeres desconhecidos e aprtendizados inéditos neles né...

Andar de ônibus e presenciar uma prosa assim, é um presente...

beijocas

Tyco disse...

Achei o máximo essa experiência..
Legal saber que nem tudo esta perdido, sempre existe um caminho...rsrs
Bjs

Tyco