21 outubro, 2008

Sapeca


Estava eu resolvida a frear tudo,

estagnar períodos,

fechar os olhos e não sentir .


(como se fosse possivel...)

Ai me aparece
você assim
tão de repente linda, menina - mulher .

Cheia de
antagonismos ,
alguns pudores ,
muitas ideias ousadas
que vem de
encontro a tantos anseios meus
em uma deliciosa mistura
de tesão e
ternura



Você...

minha margarida

meu gerânio

minha princesa

minha empregadinha

minha fada

minha bruxa

meu sol

minhas luas

menina sapeca

Um pedacinho de uma canção
sussurrada
ao seu ouvido minha
delicia sapeca.

Ela é carioca

Basta o jeitinho dela
andar


Nem ninguém tem carinho
assim para dar
...

Eu vejo na luz dos seus olhos

As noites do Rio ao
luar



De

4 comentários:

Kleiton* disse...

Hum bela mistura, "ela" deve ser alguem muito especial.

bjos

Flávia disse...

ai ai ai, curiosissima aqui.. desenvolva mais Dona Licia.. por favor.. desenvolva.... rsrsrsrs

beijocas

lia disse...

Eis a mágia da vida, quando tudo parece finito.........
Maravilhoso te ver assim tão plena de sonhos de tesão de ternura.
Parabéns por se permitir ser feliz.
Um grande abraço!
lia

{myrah}_ disse...

Viajando na beleza das tuas palavras...

Saudades do teu cheiro de flor.
Com carinho...

Flores da amiga
{myrah}_ALDO